Manifestantes deixam saguão do Fórum João Mendes (SP); greve continua

Daniela Paixão

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Os manifestantes que ocupavam desde a noite de quarta-feira (9) o saguão do Fórum João Mendes, no centro da capital paulista, em protesto por reposição salarial, deixaram o local por volta de 12h30 desta sexta-feira (11). Ontem, os servidores tentaram negociar a entrada de comida no local, mas não tiveram sucesso. Sem alimento e sem água potável, as 35 pessoas que ainda dormiam ali decidiram deixar o prédio.

Mais cedo, o senador Eduardo Suplicy (PT) chegou ao Fórum e tentou entrar no local onde os grevistas estão dormindo, mas foi impedido pelos seguranças. Ele destacou que a saída dos manifestantes foi voluntária e, por isso, espera agora que as negociações possam "acelerar". Para ele, houve "bom senso e disposição em negociar" por parte dos grevistas. No entanto, até o momento não houve nenhuma tentativa de acordo entre as partes e a greve continua.

"Ontem, propusemos que o tribunal cumprisse a lei e aceitasse que as faltas são greve. Quem estava dentro do fórum aceitou sair se as faltas fossem abonadas. Mas os juízes não aceitaram", contou Yvone Barreiros Moreira, presidente da Associação dos Oficiais de Justiça de São Paulo, uma das entidades envolvidas nas negociações.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo informou que o Fórum volta a funcionar normalmente a partir de segunda-feira (14).

Os servidores da Justiça estão em greve desde o dia 28 de abril. Eles pedem uma reposição de 20,16%. Já o TJ afirma que desde o início da greve abriu espaço para negociação, recebendo os servidores todas as quartas-feiras. No entanto, as mudanças dependem de projeto de lei, a ser encaminhado pelo Executivo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos