Saiba o que abre e fecha durante o jogo Brasil x Holanda

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

A partida entre Brasil e Holanda muda, mais uma vez, os horários dos brasileiros durante a Copa do Mundo. O jogo começa às 11h, por isso, horários diferenciados serão adotados por estabelecimentos privados e repartições públicas para que os funcionários possam assistir às partidas.

Trânsito é adversário de torcedor em SP

Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), os bancos terão expediente reduzido nesta sexta-feira (2), abrirão das 8h às 10h30 e das 14h às 16h nas capitais dos Estados e regiões metropolitana e, nas cidades do interior, das 8h às 10h30 e das 13h30 às 15h30.

As instituições deverão afixar avisos em suas dependências sobre o horário de atendimento nos dias de jogos com antecedência mínima de 48 horas.

A Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping) informa que as lojas de shopping devem fechar meia hora antes do início da partida e voltar a abrir meia hora após o final. Já as áreas de entretenimento e as praças de alimentação funcionarão normalmente.

O Sindilojas-SP (Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo) afirma que cada estabelecimento vai definir suas regras, mas que o comércio de São Paulo estará aberto durante os jogos.

Os Correios também terão horário especial nesta sexta. As agências fecham das 10h30 às 13h (em caso de não haver prorrogação).

São Paulo x trânsito
Depois de dois picos de trânsito que quase superaram o recorde para o horário dos últimos jogos da seleção na Copa, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) recomenda que o motorista evite as principais vias da capital paulista entre 9h e 11h e, à tarde, entre 13h e 15h, períodos previstos como de maior trânsito.

A Zona Azul funciona normalmente. Já o rodízio foi suspenso durante todo o dia, mas somente para carros de passeio, a exemplo do que ocorreu em outros jogos.

O efetivo será aumentado para monitorar os principais eixos viários, especialmente em áreas comerciais que concentram bares e restaurantes, como os bairros de Moema, Jardins, Vila Mariana, Pinheiros, Vila Madalena, Vila Olímpia, Santana, Tatuapé, Centro, entre outros.

De acordo com o decreto publicado pelo governo do Estado, os serviços públicos começarão a funcionar às 14h. Por conta dos novos horários, os servidores deverão compensar as horas não trabalhadas. Caberá a cada Secretaria e Procuradoria estabelecer a escala de compensação. Já os serviços essenciais, como hospitais e postos de saúde, terão expediente normal.

Os ônibus e o metrô vão funcionar normalmente durante todo o dia para atender os passageiros que vão para o trabalho antes e depois da partida.

Festa e praia
Já no Rio de Janeiro, a CET vai fechar, a partir das 10h30, a pista da avenida Atlântica junto à orla, em Copacabana, zona sul, para permitir o fluxo de torcedores que irão assistir à partida no Fifa Fan Fest. A arena de 31 mil m2 montada na praia de Copacabana tem recebido em média 17 mil pessoas. A via deverá ser reaberta até as 15h.

Esquema especial também para receber mais de 30 mil torcedores no tradicional “Alzirão”, no bairro da Tijuca, zona norte. Será interditada a rua Conde de Bonfim entre as ruas dos Araújos e Valparaíso, bem como na rua Alzira Brandão entre as ruas Eduardo Ramos e Conde de Bonfim. A rua Alfredo Pinto, entre a avenida Heitor Beltrão e rua Pereira Barreto, também será interditada. As vias ficarão fechadas das 9h às 22h.

As barcas que fazem a ligação entre Rio de Janeiro e Niterói funcionarão normalmente. O Metrô do Rio também manterá sua operação normal. A Supervia, concessionária de trens urbanos, informou que manterá funcionamento normal de dia útil no horário do jogo, podendo colocar trens extra em circulação de acordo com a demanda de passageiros.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) divulgou que trabalharão na limpeza da cidade após a partida uma equipe de 344 garis, que contarão com o apoio de 218 contêineres, 62 caminhões, 29 pipas d’água, 32 pulverizadores, três caixas estacionárias, dois poliguindastes e um microtrator.

No último jogo da seleção, dia 28, quando o Brasil derrotou o Chile pelas oitavas-de-final, a Comlurb recolheu 79 toneladas de resíduos. Foi a maior quantidade de lixo retirada em dias de jogo do Brasil desde o início da Copa.

Desfile cívico será antecipado na Bahia
O jogo deverá esvaziar os festejos do 2 de Julho em Salvador, data em que os baianos comemoram 187 anos de independência do domínio português. Para tentar garantir a participação do povo nas ruas, a prefeitura decidiu antecipar o horário da festa, que tradicionalmente começa às 9 horas. Com isso, o hasteamento das bandeiras, que antecede o início do desfile cívico, ocorrerá mais cedo, por volta das 7h30, no Largo da Lapinha.

A confraternização que se estabelece no ponto de saída do desfile começará ainda mais cedo, às 6h, quando ocorrerá queima de fogos.

O choque de horário representa uma ducha de água fria nas expectativas dos candidatos nas eleições de outubro. É que, ao lado da tradicional Lavagem do Bonfim, em janeiro, a festa do 2 de Julho é um dos principais termômetros de popularidade para os políticos. Os principais candidatos à Presidência da República não incluíram a festa em suas agendas.

De certo mesmo, apenas a presença dos postulantes ao Palácio de Ondina: o governador Jaques Wagner (PT), que busca a reeleição, Paulo Souto (DEM), Geddel Vieira Lima (PMDB), e Luiz Bassuma (PV).

*Colaboração de Daniel Milazzo, no Rio de Janeiro, e Heliana Frazão, em Salvador

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos