Incêndio em favela de SP deixa 104 famílias desalojadas

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Pelo menos 104 famílias perderam suas casas em um incêndio que atingiu barracos da favela do Pé Sujo, também conhecida como Tiquatira, na região da Penha, zona leste de São Paulo, segundo balanço foi divulgado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). Os desalojados receberam colchões, cestas básicas e kits de higiene. Apenas uma família preferiu ir para o abrigo disponibilizado pelo governo, as outras preferiram ir para casa de amigos e parentes.

O incêndio começou por volta de 20h20 de domingo (11) e 28 carros de bombeiros foram enviados ao local. As chamas, que atingiram uma área de aproximadamente dois mil metros quadrados, foram controladas às 23h. Duas pessoas ficaram feridas, mas nenhuma em estado grave.

Ainda não se sabe o que teria provocado o fogo na favela, que fica na avenida Governador Carvalho Pinto, no bairro de Cangaíba. 

O incêndio chegou a interditar totalmente o viaduto General Milton Tavares de Souza, que liga a Penha a Marginal Tietê, mas o local já foi liberado. A SPTrans também havia feito um desvio no itinerário de três linhas que circulam na região, mas as linhas 3301/10 (Terminal São Miguel/Terminal Parque Dom Pedro II), 2628/10 (Terminal Aricanduva/Jardim Nazaré)  e 2080/10 (Terminal Aricanduva/Jd Kemel) já voltaram a funcionar no percurso original.

Segundo a CDHU, as 1.698 famílias que moravam na região já estavam sendo cadastradas para remoção. Elas receberão um auxílio-moradia de R$ 2.700 (referente a seis parcelas de R$ 400 e mais R$ 300 para auxiliar na mudança). A companhia, no entanto, ainda não sabe para onde as famílias cadastradas serão transferidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos