Lula pede que trem-bala esteja pronto até 2016

Yara Aquino e Pedro Peduzzi
Da Agência Brasil

Em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer que o Trem de Alta Velocidade (TAV) esteja pronto até 2016, quando o Brasil sedia os Jogos Olímpicos. Ao lançar hoje (13) o edital de licitação para a constratação das empresas que ficarão responsáveis pela obra, Lula disse que é possível trabalhar em mais de um turno e até mesmo sábados e domingos para que o trem-bala fique pronto a tempo de atender as necessidades do país.

“Boa parte da infraestrutura que estamos fazendo queremos que esteja pronta até as Olimpíadas de 2016 e acho plenamente possível inaugurar [o trem-bala] até 2016”, ressaltou durante discurso. O meio de transporte rápido ligará as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas.

Lula também defendeu a retomada do transporte ferroviário tanto de cargas quanto de passageiros e lembrou que há cerca de 15 anos o Brasil não fabrica um trilho.

A ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, afirmou que o projeto do TAV reflete o amadurecimento econômico do Brasil. “O mundo nos enxerga como hoje estamos: prontos para receber esses investimentos.”

Durante a cerimônia, o presidente assinou mensagem que encaminha ao Congresso Nacional um projeto de lei para criar a Empresa de Transporte Ferroviário de Alta Velocidade (Etav). A instituição será vinculada ao Ministério dos Transportes e fiscalizará o andamento do projeto.

O custo do TAV está estimado em R$ 33,1 bilhões. O preço máximo recomendado pelo Tribunal e Contas da União (TCU) para a passagem da classe econômica é de R$ 199,80.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos