Modelo brasileira que queria maiores seios do mundo corre risco de morte

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Divulgação/Site oficial

    Sheyla Hershey queria ter os maiores seios do mundo

    Sheyla Hershey queria ter os maiores seios do mundo

A modelo brasileira Sheyla Almeida Hershey, 30, que mora em Houston, no Texas (EUA) e queria ter os maiores seios do mundo, deve se submeter a uma nova cirurgia e corre risco de morte por uma grave infecção. Uma bactéria atingiu seus seios, causando uma contaminação que pode ser fatal se atingir a corrente sanguínea.

Após mais de 30 cirurgias plásticas, Sheyla sofreu a primeira complicação após o procedimento para aumento das próteses mais recente, em junho, no Brasil.

Segundo os médicos que cuidam da brasileira, o tratamento tem ajudado a recuperação de uma mama, mas a outra ainda está com problemas. Isso significa que Sheyla não só vai perder os implantes, mas possivelmente precisará ter toda a mama retirada.

Na manhã desta terça-feira (14) Sheyla fez uma cirurgia para remover os implantes. Agora Sheyla tem que fazer infusões antibióticas para combater a infecção.

"Eu tive febre grande e dolorosa. Eu simplesmente não conseguia respirar corretamente, foi terrível! Eu estava na cama o dia todo, não conseguia", disse a brasileira em entrevista para a rede “My Fox Houston”.

A brasileira disse que está tentando se tratar da obsessão com cirurgias plásticas.
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos