Desmatamento na Amazônia atinge área equivalente a 13,8 mil campos de futebol em maio de 2010

Do UOL Notícias

Em São Paulo

  • Reprodução/Inpe

    Os pontos amarelos representam as áreas desmatadas; a mancha rosa corresponde ao território encoberto por nuvens, que não pôde ser analisado

    Os pontos amarelos representam as áreas desmatadas; a mancha rosa corresponde ao território encoberto por nuvens, que não pôde ser analisado

A Amazônia brasileira perdeu uma área equivalente a 13.841 campos de futebol apenas durante o mês de maio de 2010. É o que revelam os dados divulgados nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que mostram que 109,6 km² da floresta foram desmatados no último mês de maio.

O Estado campeão de desmatamento foi o Mato Grosso, com 51,9 km² de floresta destruídos, seguido do Pará (37,2 km²), Rondônia (9,8 km²) e Amazonas (9,8 km²). O Inpe só conseguiu coletar dados de 55% da área da Amazônia brasileira, já que 45% do território estava coberta por nuvens.

Em maio do ano passado, quando somente 38% do território amazônico pôde ser observado, foi desmatada uma área de 123 km². Em maio de 2008, a área desmatada foi de 1.096 km² --nesse mês, o Inpe conseguiu observar 54% da área da Amazônia brasileira.

Apesar de ter sido menor do que em anos anteriores, o desmatamento registrado em maio deste ano foi maior do que os meses de março e abril somados, quando 103,5 km² foram desmatados. Nos dois meses juntos, 79,1% da área amazônica pôde ser avaliada.

As informações foram coletadas pelo sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), que envia os dados quinzenalmente ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos