Alex de Jesus/ O Tempo/ AE

Caso Eliza Samudio

TJ de Minas recebe mais um pedido de habeas corpus para goleiro Bruno

Rayder Bragon
Especial para o UOL Notícias

Em Belo Horizonte

A assessoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais informou no fim da tarde desta quinta-feira (22) que um novo pedido de habeas corpus foi feito para o goleiro Bruno Souza, suspeito de participar do desaparecimento de sua ex-amante Eliza Samudio. O documento foi enviado por um cidadão, e não pela defesa do atleta. O nome e o local de residência do autor não foi divulgado. O desembargador Doorgal Andrada vai analisar o pedido.

O TJ também comunicou que outro pedido foi feito ontem. Até agora, já são cinco os pedidos de liberdade para o goleiro no tribunal de Minas, sendo que três foram negados, e um no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O primeiro foi feito por e-mail por um cidadão do Rio de Janeiro. Em seguida, o advogado do jogador, Ércio Quaresma, entrou com a solicitação. A terceira tentativa foi pedida ao STJ por um advogado do Pará, que segundo o tribunal, baseou-se em recortes de jornais para solicitar a soltura de Bruno, da mulher dele, Dayanne de Souza, e de Luiz Henrique Romão, amigo do goleiro e conhecido como Macarrão. A quarta iniciativa partiu de um morador da cidade de Teixeira de Freitas (BA), mas foi arquivado por conter irregularidades, segundo a assessoria.

O goleiro e mais cinco acusados pela polícia de participação no desaparecimento de Eliza estão detidos na penitenciária de segurança máxima Nelson Hungria, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte. A mulher do jogador está presa no presídio Estevão Pinto, na capital mineira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos