Deputadas fazem manifestação no Rio para lembrar aniversário da Lei Maria da Penha

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) fez nesta quinta-feira (5) uma manifestação “Em defesa da Lei Maria da Penha, uma vida sem violência: direitos das mulheres” nas escadarias do Palácio Tiradentes.

O objetivo do ato era lembrar o aniversário da Lei 11.340/06, que completa quatro anos no dia 7, denunciar assassinatos e mobilizar a sociedade para o combate à violência contra as mulheres. O significativo aumento do número de mulheres vítimas de ameaça e que sofreram lesão corporal em todo o estado do Rio nos últimos dois anos também foi destacado durante manifestação.

Durante o evento, um varal com 60 nomes de mulheres vítimas da violência em todo o país – inclusive os de Mércia Nakashima e Eliza Samudio, envolvidas em casos de repercussão nacional – foi estendido em frente ao Palácio Tiradentes.

"Nossa reunião aqui hoje teve o intuito de marcar o quarto ano de vigência da lei, que tem salvado a vida de muitas mulheres no Brasil. Entretanto, a norma ainda precisa ser melhor implementada, pois há muitas pessoas que ainda resistem aos avanços contidos no texto”, disse a deputada Inês Pandeló (PT), presidente da comissão.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos