Aneel autoriza desapropriação de área para usina de Jirau

Sabrina Craide
Da Agência Brasil

Em Brasília

Uma área de 143,9 mil hectares (ha), localizada em Porto Velho (RO), foi declarada de utilidade pública para fins de desapropriação. As terras serão utilizadas para a implementação do reservatório, da área de preservação permanente e de canteiros residencial e industrial da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira.

A decisão foi tomada pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Do total, 140,9 mil ha serão destinados ao reservatório e à área de preservação permanente, 1,9 mil ha para realocação de pessoas e 1,07 mil ha para o canteiro industrial.

A usina hidrelétrica de Jirau terá uma potência de 3,3 mil megawatts (MW) e uma energia assegurada de 1,9 mil MW médios, suficientes para abastecer quase 10 milhões de casas. O custo total da obra está orçado em R$ 9 bilhões e a hidrelétrica deve entrar em funcionamento no primeiro semestre de 2012.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos