Menina que foi atendida por falso médico morre no RJ

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

A menina de 5 anos que foi atendida por um falso médico em um hospital da zona oeste do Rio de Janeiro morreu por volta das 18h desta sexta-feira (13), segundo informações do hospital Amiu, em Botafogo, na zona sul do Rio. A criança faleceu de parada cardíaca e seu corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), que deve liberar um laudo sobre a morte.

A menina, cuja guarda era disputada pelos pais, estava internada na unidade hospitalar desde o dia 19 de julho, em coma profundo. Havia suspeitas de que ela sofria maus tratos.

O caso começou a ser investigado depois que a mãe dela, a médica Cristiane Ferraz, suspeitou de manchas encontradas em seu corpo quando ela já estava em coma. O pai nega que a menina fosse vítima de maus tratos.

O pai afirmou que levou a filha ao hospital RioMar por três vezes após apresentar convulsões. Na última, foi liberada ainda desacordada pois, segundo o médico, estava sedada. A polícia investiga a denúncia de que ela foi atendida por um falso médico nesse local.

Como a menina não acordou mais, o pai a levou para outra clínica, em Jacarepaguá. De lá, ela seguiu para o hospital Amiu, em Botafogo.

*Com informações da Folha.com

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos