Médicos-residentes decidem amanhã se continuam greve

Carolina Pimentel
Da Agência Brasil

Em Brasília

A comissão de greve da Associação Nacional dos Médicos-Residentes (ANMR) deve decidir amanhã (18) se continua ou não com o movimento por aumento no valor da bolsa-auxílio, segundo o presidente da entidade, Nívio Moreira.

A categoria começou a greve hoje (17), reivindicando aumento de 38,7% da bolsa, que, atualmente, é de R$ 1.916,45. Os ministérios da Saúde e da Educação propõem um reajuste menor, de 20%. De acordo com Moreira, em alguns estados, os residentes rejeitaram a proposta do governo, porém outras assembleias ainda não encerraram o debate.

Moreira afirmou que o anúncio do governo será “bem avaliado” pela categoria. A associação disse que cerca de 17 mil médicos-residentes do Sistema Único de Saúde (SUS) aderiram à paralisação, o equivalente a 80% do total no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos