Autoridades repudiam atentado contra presidente do TRE de Sergipe

Débora Zampier

Da Agência Brasil

O atentado a tiros ocorrido hoje (18) contra o presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Sergipe, Luiz Mendonça, que deixou em estado grave o motorista que conduzia o carro, provocou manifestações de autoridades que se solidarizam com as vítimas e cobram a responsabilização dos culpados.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, chamou o episódio de “covarde atentado” e expressou “a mais irrestrita solidariedade” ao magistrado sergipano e ao seu motorista. Peluso pede que os órgãos de segurança “redobrem a atenção quanto à proteção da integridade física dos magistrados e das demais autoridades públicas, sobretudo daquelas envolvidas no processo eleitoral em curso no país”.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, afirmou que a advocacia está “estarrecida e indignada com o brutal atentado a tiros” contra o presidente do TRE-SE. “Sabemos que o juiz, o advogado e o membro do Ministério Público estão sempre muito expostos, mas não acreditamos que essa violência tenha chegado a esses níveis", afirmou.

Já o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Mozart Valadares Pires, em nota pública conjunta com a Associação dos Magistrados de Sergipe (Amase) repudiou o atentado e afirmou que “a AMB e a Amase cobram rigor na apuração do caso e anunciam que envidarão todos os esforços no sentido de exigir e auxiliar os órgãos competentes na elucidação dos fatos e responsabilização dos culpados”.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos