Criminosos que invadiram hotel de luxo no Rio são transferidos para penitenciária

Paulo Virgílio
Da Agência Brasil

No Rio de Janeiro

Nove dos dez criminosos que invadiram ontem (21) o hotel Intercontinental, em São Conrado, zona sul do Rio, foram transferidos na manhã de hoje (22) para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste da cidade. O menor que fazia parte do grupo foi transferido durante a madrugada para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Os bandidos passaram a noite na 15ª Delegacia Policial, na Gávea (zona sul), para onde foram levados depois de se render aos agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar. As negociações com os criminosos duraram cerca de três horas e todas as 35 pessoas mantidas como reféns, entre funcionários e hóspedes do hotel --cinco deles estrangeiros-- foram libertadas. Com o grupo criminoso, foram apreendidos oito fuzis, cinco pistolas e três granadas.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, os traficantes que, antes da invasão do hotel trocaram tiros com policiais militares, estavam voltando de um baile funk na favela do Vidigal, vizinha da favela da Rocinha. Durante o tiroteio, uma mulher, identificada como Adriana Duarte Olivera dos Santos, morreu. Segundo a polícia, ela trabalhava para o tráfico na Rocinha e era foragida da Justiça.

O policiamento foi reforçado no Vidigal e na Rocinha e a situação é tranquila neste domingo nas duas comunidades, segundo o 23º Batalhão da PM.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos