CET multou 351 motociclistas em uma semana de fiscalização na marginal Tietê, em SP

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Mario Angelo/Futura Press

    A multa para os infratores é de R$ 85,12, além da perda de quatro pontos na carteira de habilitação

    A multa para os infratores é de R$ 85,12, além da perda de quatro pontos na carteira de habilitação

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e o Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran) multaram 351 motociclistas durante a primeira semana de fiscalização da proibição de circulação de motos na pista expressa da marginal Tietê, na capital paulista.

No período entre 16 e 20 de agosto, os agentes da CET aplicaram 148 multas a motociclistas que infringiam a nova regra. O CPTran registrou 203 autuações.

A multa é de R$ 85,12, além da perda de quatro pontos na carteira de habilitação. Segundo a CET, a resolução tem como objetivo reduzir o número de acidentes e de mortes na via mais importante da capital paulista.

A equipe de fiscalização é composta por 42 agentes de trânsito da CET (divididos em três turnos) e mais 23 policiais militares do CPTran posicionados em pontos estratégicos e nos acessos das pistas central para a expressa da marginal Tietê.

Dados da CET apontam que, durante os 15 dias em que os motociclistas tiveram para se adaptar às mudanças, o fluxo de motos que circulam pela pista expressa da marginal Tietê caiu 88%.

Acidentes
Apesar das motos representarem apenas 13% do total de veículos que circulam na via, elas estão envolvidas em mais da metade dos acidentes fatais.

Das 50 mortes causadas por acidentes na marginal Tietê em 2009, 26 eram de motociclistas. Naquele ano, foram 31 acidentes com motos, dos quais 15 ocorreram na pista expressa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos