Lula lança plano de ação para prevenir desmatamento e queimadas no Cerrado

Do UOL Notícias
Em São Paulo

  • Sergio Lima/Folhapress

    Incêndio atinge faixa do cerrado entre o CCBB e o Congresso Nacional, em Brasília

    Incêndio atinge faixa do cerrado entre o CCBB e o Congresso Nacional, em Brasília

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta quarta-feira (15) o Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e das Queimadas no Cerrado (PPCerrado). Segundo reportagem do UOL Notícias, o  bioma foi palco de 56% de todos os focos de incêndio registrados no país de 1º de janeiro a 14 de setembro deste ano.

Alguns animais do Cerrado ameaçados de extinção

  • Cervo-do-Pantanal

Para conseguir reduzir as taxas de desmatamento e de queimadas, o PPCerrado pretende promover ações como fomento a atividades produtivas sustentáveis, monitoramento e controle, ordenamento territorial e educação ambiental. O plano, coordenado pela Casa Civil, também conta com a participação de outros 15 ministérios.

Dentre os principais resultados aspirados pelo governo até o ano de 2020, estão a redução do desmatamento em pelo menos 40%; a redução das queimadas e dos incêndios florestais; a disseminação de práticas silviculturais sustentáveis; o aumento do consumo de carvão de florestas plantadas de ferro gusa; o aumento do volume de recursos disponibilizados em linhas de crédito rural subvencionadas para ações de recuperação de áreas degradadas; e o aumento da agilidade das ações de controle e fiscalização do desmatamento.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, a iniciativa é importante para a consagração dos compromissos nacionais apresentados em dezembro de 2009, durante a 15ª Conferência das Partes (15ª COP) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. Na ocasião, o governo brasileiro se comprometeu a reduzir, entre 36,1% e 38,9%, as emissões de gases de efeito estufa projetadas até 2020. Dentre os compromissos, constava o objetivo de reduzir em pelo menos 40% as emissões provenientes do desmatamento do Cerrado.

Segundo o MMA, até 2008, o cerrado perdeu 47,84% da sua cobertura de vegetação ao se considerar a área original de 204 milhões de hectares. “As queimadas apresentam uma relação mais direta com o desmatamento, portanto, as atividades de prevenção e combate aos incêndios florestais e o uso controlado do fogo fazem parte da estratégia apresentada pelo PPCerrado”.

Ironia
Um foco de incêndio no Parque Nacional causou problemas no fornecimento de energia elétrica em parte de Brasília na tarde de hoje . O incêndio atingiu uma linha de alta tensão.

A falta de energia atingiu toda a Esplanada dos Ministérios, o setor de Embaixadas Sul e o Lago Sul, além das cidades-satélites do Paranoá e de São Sebastião.

O apagão ocorreu enquanto a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, discursava durante a apresentação do PPCerrado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos