PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Presidente da Nicarágua diz acreditar que Lula superará câncer

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

30/10/2011 01h27

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, se solidarizou, no sábado (29), com o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, 66 anos, que foi diagnosticado com um tumor na laringe. Ortega expressou sua certeza de que Lula superará a doença.

“Queremos que chegue nosso carinho, apreço, respeito e solidariedade ao presidente do Brasil, o companheiro Luis Inácio Lula da Silva, a sua família, ao Partido dos Trabalhadores e ao povo brasileiro”, afirmou o velho amigo de Lula em ato na Casa dos Povos, em Managua.

“Estamos seguros de que o problema de câncer que o afeta na garganta será superado, de acordo com o que dizem os médicos do hospital onde o atenderam”, afirmou. Lula começará a receber tratamento a partir de segunda-feira (31).

"O paciente encontra-se bem, e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial", informa a nota divulgada pelo hospital Sírio-Libanês, onde ele foi internado. José Chrispiniano, porta-voz do Instituto da Cidadania, fundado por Lula, afirmou que o ex-presidente deu entrada no hospital na sexta-feira (28), com dores na garganta.

 

Lula passou por exames sexta e sábado no Hospital Sírio-Libanês, após se queixar de rouquidão. O tumor tem cerca de 3 cm, segundo médicos do hospital. A equipe preferiu a quimioterapia à cirurgia, "para preservar as funções da laringe".

O ex-presidente visitou a Nicarágua em maio desde ano, por ocasião do 17º Fórum de São Paulo, e qualificou a Frente Sandinista, dirigida por Ortega, como “a demonstração viva da evolução política da esquerda latino-americana”.

*Com informações da AFP

Cotidiano