PUBLICIDADE
Topo

Após um ano e oito meses, celular ainda não funciona na linha amarela do metrô de SP

Janaina Garcia e Larissa Leiros Baroni<br>Do UOL Notícias

Em São Paulo

02/11/2011 07h00

Em funcionamento há mais de um ano e oito meses --mesmo que parcialmente --, a linha 4-amarela do metrô de São Paulo ainda não possui sinal de celular por seus nove quilômetros de trilhos em operação. Mas, segundo o secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Jurandir Fernandes, "em um ou dois meses" o serviço será disponibilizado aos seus 470 mil usuários diários.

Apesar da previsão do secretário, a assessoria de imprensa da Via Quatro --concessionária da linha 4-- informou que o processo ainda está em fase de negociação com as operadoras de telefonia móvel. Em breve, deverá ser iniciada a fase de instalação física dos cabos.

Mas, segundo nota divulgada pela Via Quatro, ainda não há prazo estabelecido para o início da oferta do serviço telefônico.

"A linha 4 funciona desde o quê? Há um mês?", afirmou Fernandes, referindo-se, na verdade, ao funcionamento da estações da linha amarela até a meia noite. Mas na prática, a linha foi inaugurada oficialmente em maio de 2010 com a abertura das estações Paulista e Faria Lima.

Para o secretário, "o foco, quando se faz toda a inauguração, é o transporte". 'Agora é que se vai colocar todo um sistema de comunicação interna", afirmou Fernandes.

Participe: clique na imagem e veja fotos enviados pelos internautas do UOL

  • Diogo Leite/Você Manda UOL

    Foto enviada por Diogo Leite mostra aglomeração antes dos bloqueios da estação Faria Lima (linha 4)

De acordo com ele, um dos impeditivos teria sido a burocracia pela exploração dos túneis, para instalação do cabeamento --uma vez que o espaço é público e a exploração demanda, portanto, licitação -, e a necessidade de junção das operadoras, em uma espécie de consórcio, para realização do serviço. "Porque não se comporta um cabeamento por operadora", justificou.

"Será possível que isso é assim tão lamentável? Será que é uma grande falta o usuário ficar seis minutos de uma estação a outra, por exemplo, sem sinal de celular ou de wireless?", indagou. "As críticas às vezes pesam demais”, reclamou.

Questionado se as críticas ao sistema metroviário são exageradas", desconversou. "Não vou dar essa manchete pra vocês. Só acho que não adianta jogar isso [problemas] todo dia, pois não existe uma solução de curtíssimo prazo para algumas questões", definiu.

Demais linhas

Nas demais linhas do metrô de São Paulo a telefonia celular começou a operar em  2008.  A linha 2-verde foi a primeira a receber o serviço. Atualmente, segundo a assessoria de imprensa do Metrô, apenas o trecho Alto do Ipiranga – Vila Prudente (linha 2-verde) não tem sinal de celular. A previsão é que a implantação seja feita em 2012.

Cotidiano