Topo

Homem com perna quebrada espera há um mês por cirurgia em hospital de Goiânia

Rafhael Borges

Do UOL Notícias, em Goiânia

16/11/2011 13h18

Deoclides Rodrigues da Silva caiu da moto quando tentou desviar de um cachorro na pista e quebrou a perna. O acidente ocorreu há um mês, e desde então ele espera por uma vaga para fazer uma cirurgia no Hospital Geral de Goiânia (HGG). 

De acordo com o diretor do HGG, André Luiz Braga, o caso de Deoclides é complexo e exige um cirurgião especialista. O hospital não teria o profissional necessário, e tenta conseguir espaço em outra unidade. Ainda segundo ele, o paciente não corre risco pela espera.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que já está buscando a vaga para a cirurgia de Silva junto à rede conveniada, e, assim que encontrar, ele será transferido e operado.

Na última sexta (11) um menino de 10 anos, que teve o fêmur fraturado e esperou 22 dias por uma cirurgia na perna, conseguiu finalmente ser operado, depois de percorrer vários unidades de saúde em Goiânia e região metropolitana.

Em abril, a reportagem do UOL Notícias mostrou outro caso semelhante registrado no Estado. Victor Hugo Alves, 11, esperava com o braço quebrado por uma cirurgia na rede pública de saúde em Goiás.

Os repetidos casos de falta de vagas e problemas administrativos nos hospitais do Estado levaram o Ministério Público a uma investigação que chegou ao nome de 21 responsáveis por possíveis fraudes. Eles foram denunciados pelo Ministério Público, e diretores de quatro hospitais públicos acabaram afastados.

Cotidiano