PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Falta de energia atinge regiões do Rio; cerca de 940 mil consumidores são afetados

Do UOL, em São Paulo

24/01/2012 11h47Atualizada em 24/01/2012 15h04

Diversas regiões do Rio de Janeiro ficaram sem luz nesta terça-feira (24) após um problema na subestação de Furnas por volta das 10h40. Segundo informações da concessionária Light, a falha não tem relação com o sistema de distribuição e afetou cerca de 840 mil clientes somente na capital fluminense. Já a Ampla, que é distribuidora de energia elétrica na Baixada Fluminense, confirma que 100 mil clientes foram atingidos.

O fornecimento de energia foi interrompido em bairros da zona norte, Ilha do Governador e Baixada Fluminense. Por volta das 12h, segundo informações da Light, o serviço foi restabelecido na zona norte da capital. Já a Ampla afirma que a luz foi restabelecida na Baixada Fluminense por volta das 11h36. As cidades de Duque de Caxias e Niterói ainda estão com problemas pontuais no serviço.

A MetrôRio informou, através do Twitter, que o tráfego de trens no trecho entre Inhaúma e Pavuna, da linha 2, ficou temporariamente interrompido, mas foi normalizado por volta das 11h50. As estações de Pavuna a Nova América/Del Castilho chegaram a ficar fechadas, mas já voltaram a funcionar.

A falta de energia atingiu também o aeroporto internacional do Galeão, por volta das 11h. Segundo informações da Infraero (estatal que administra os aeroportos), ainda havia oscilação de luz por volta das 12h, mas o gerador foi acionado. Os voos não foram afetados e o aeroporto funciona normalmente.

Falha no sistema

Em nota oficial, Furnas afirma que, por volta das 10h40, houve um desligamento dos dois circuitos de 500Kv que alimentam a subestação São José, localizada na Baixada Fluminense, "provocando a atuação automática do esquema de controle de emergências que levou ao corte seletivo de cargas de forma a preservar o abastecimento do Estado do Rio de Janeiro". A empresa afirma está apurando as causas do desligamento.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), às 10h41 houve o desligamento de duas linhas de transmissão, Adrianópolis-São José e Angra-São José, que alimentam o Rio de Janeiro e pertencem à Furnas.

Por conta da abertura das linhas, o sistema de proteção desligou os circuitos de saída da subestação e vários outros circuitos foram desligados, cortando a carga de 1.500 megawatts para as empresas Light, no Rio, e Ampla, em Niterói. O processo de recomposição está em fase final e as causas da falha serão investigadas.

(Com Agência Estado)

Cotidiano