PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Voluntários recolhem e abrigam em suas próprias casas animais perdidos no Pinheirinho

Guilherme Balza

Do UOL, em São Paulo

31/01/2012 06h00

Um grupo de 20 voluntários está recolhendo os animais que se perderam de seus donos após a ação de reintegração de posse na comunidade do Pinheirinho, em São José dos Campos (SP), no último dia 22. Sem destino apropriado, os animais estão sendo abrigados nas próprias residências dos voluntários, segundo relata a veterinária Veriane Araújo, 26.

“É uma situação caótica, desesperadora. Estamos levando os animais para as nossas casas mesmo. Uma voluntária abrigou 30 animais, mesmo sem ter condições financeiras para cuidar deles”, afirma. A equipe de voluntários já recolheu cães, gatos, bodes, porcos, galinhas, patos e até cavalos.

Após a reintegração, prefeitura acionou o centro de zoonoses para recolher os animais na área do Pinheirinho. A “carrocinha” percorreu a área entre os dias 23 e 26, quando a reintegração foi concluída, e resgatou cerca de 200 animais, que foram levados a canis particulares do município. Nesses locais, eles recebem alimento e cuidados veterinários, segundo a prefeitura.

Área é desocupada pela PM
em São José dos Campos (SP)

  • Arte/UOL

Mas, de acordo com a voluntária, muitos ficaram para trás. “Deve ter uns 500 animais ainda perdidos por lá. Vi muitos animais mortos ou feridos com balas de borracha. Muitos que sobreviveram estão com sarna e vermes. Faz cinco dias que não durmo”, desabafa. “Só eu contei umas 30 fêmeas prenhas e uns 40 filhotes.”

Nos três dias posteriores à reintegração de posse, a reportagem do UOL presenciou vários moradores desesperados por terem perdido seus animais na reintegração. As famílias tinham que esperar em uma longa fila e aguardar a liberação da Polícia Militar para buscar as coisas em casa e procurar seus bichos pelo Pinheirinho.

Nos alojamentos para onde as famílias foram levadas após o despejo também havia muitos animais, principalmente cães e gatos.

Os voluntários pedem doações de ração e medicamentos para os bichanos. Os interessados devem enviar email para spaveriane@yahoo.com.br ou ligar para (12) 8144-0044.

Entenda o caso

No último dia 22 de janeiro, a Polícia Militar cumpriu uma ordem de reintegração de posse da área conhecida como Pinheirinho, em São José dos Campos (SP). A ação terminou no dia 25, cerca 9.000 pessoas viviam no local  terreno de 1,3 milhão de metros quadrados há oito anos. O terreno integra a massa falida da empresa Selecta, do investidor Naji Nahas. A Justiça Federal decidiu contra a desocupação do terreno, mas a polícia manteve a reintegração obedecendo ordem da Justiça Estadual.

Cotidiano