Topo

Motorista de ônibus de acidente na zona sul de São Paulo é preso por homicídio doloso

Janaina Garcia

Do UOL, em São Paulo

28/02/2012 15h14Atualizada em 28/02/2012 20h10

A Polícia Civil de São Paulo prendeu em flagrante por homicídio doloso (ou seja, com intenção de matar) o motorista do ônibus que atingiu um carro na tarde desta terça-feira (28), em São Paulo, na avenida Vereador José Diniz, zona sul de São Paulo. Duas pessoas do carro atingido pelo ônibus morreram, e outras duas ficaram feridas sem gravidade.

De acordo com o delegado do 27º DP (Campo Belo), Armando Roberto Bellio, uma inspeção preliminar no local já apontou, pelo tacógrafo do ônibus, que o motorista estava acima do limite de velocidade no local, que é de 50 km/h. O nome do condutor não foi divulgado; o ônibus pertence à viação Cidade Dutra, da concessionária Unisul, uma das operadoras do transporte coletivo paulistano.

“Estou aguardando a perícia, mas é um caso flagrante de homicídio doloso já que esse motorista estava em situação de condução irregular”, disse o delegado, que toma depoimentos de testemunhas.

No fim da noite de hoje, a CET informou que estava verificando o que ocorreu com o semáforo da avenida Vereador José Diniz com a rua Demóstenes, que estava desligado no momento do acidente.

Imagens do dia
Veja Álbum de fotos

Segundo a assessoria de imprensa da SPTrans, o motorista já foi afastado do trabalho, de forma preventiva, uma vez que se trata de acidente com vítima. Ainda conforme a assessoria, oficialmente a SPTrans ainda não tem a informação de conduta irregular no caso de hoje, motivo pelo qual aguardará os resultados da perícia e do inquérito policial antes de decidir pela punição ou absolvição do funcionário.

A SPTrans informou ainda que, para poder voltar ao trabalho, nesses casos,  funcionário precisa se submeter a novo exame psicotécnico, a curso de direção defensiva, atestado de sanidade física e mental e ainda apresentar um atestado que o libere às funções.

O acidente

De acordo com os bombeiros, o acidente ocorreu na altura do número 3.700 da avenida Vereador José Diniz. O ônibus ficou sobre o carro, onde estavam os ocupantes que morreram. Sete veículos da corporação foram encaminhados ao local para prestar a atendimento aos feridos, encaminhados à Santa Casa.

Cotidiano