Moradores de cidade mineira pintam buracos de rua como forma de protesto; prefeitura considera vandalismo

Rayder Bragon

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Edilson Luiz/Jornal Correio da Região

    Moradores de cidade mineira pintaram buracos de rua como forma de protestar

    Moradores de cidade mineira pintaram buracos de rua como forma de protestar

Moradores de uma rua localizada na cidade de Frutal, situada no triângulo mineiro e a 650 km de Belo Horizonte, protestaram de maneira inusitada contra a falta de manutenção na via em razão dos muitos buracos que surgiram depois das chuvas do início do ano.

O entorno deles foi pintado de branco e a sigla IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) foi gravada em vários pontos em alusão ao imposto cobrado dos donos de automóveis e que, em tese, parte de sua arrecadação deveria ser investida na melhoria das ruas onde circulam.

De acordo com o advogado Osório Machado Júnior, 36, a iniciativa foi a maneira encontrada por ele e mais três amigos para chamar a atenção da prefeita da cidade. Ainda conforme Júnior, a manutenção das vias na cidade não é feita de maneira concreta, o que traz muitos transtornos aos moradores. O advogado afirma ter sido vítima de um dos buracos, que acabou danificando seu carro.

“Se eu entrasse na Justiça, eu seria ressarcido do meu prejuízo, mas ao mesmo tempo, outras pessoas não seriam beneficiadas. Eu teria que fazer algo que despertasse a sociedade para o problema”, afirmou o advogado, que disse ter encontrado e pintado 89 buracos na rua Arédio Santana. Segundo ele, a rua tem 72 metros de extensão e fica no bairro Alto Boa Vista. O ato de protesto, de acordo com ele, não teve cunho político e foi feito no último domingo (26).

“Frutal está um caos em relação aos buracos nas ruas. Passa verão, entra verão, e a administração da cidade sempre coloca a culpa nas chuvas, mas, na verdade, é falta de competência. Então, eu resolvi comprar uma lata de tinta, de 18 litros, e com a ajuda do meu filho e de mais três amigos, circundamos os buracos”, contou.

Osório se disse surpreendido com a repercussão do protesto nas redes sociais e prometeu mais iniciativas como essa na cidade. “Todo mundo está apoiando. As pessoas me pararam na rua para comentar o que nós tínhamos feito. Achei muito positivo o efeito nas redes sociais e não estou me sentindo sozinho. Daqui para frente as coisas serão diferentes”, disse o advogado, afirmando não ser filiado a nenhum partido político.

Outro lado

Em nota enviada ao UOL, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Frutal afirmou que operação tapa-buraco está em curso no município desde o início deste mês e segue um cronograma elaborado pelos "setores responsáveis". A nota diz ainda que 150 toneladas de massa asfáltica já foram colocadas em ruas da cidade.

Ainda conforme o texto, a rua onde ocorreu o manifesto será alvo da operação na semana que vem. A prefeitura ainda considerou o ato praticado pelo advogado como "vandalismo". "Com relação ao manifesto, respeitamos a liberdade de expressão do cidadão, desde que não haja vandalismo, como foi o caso deste movimento", destacou o texto", ainda ressaltando que somente uma parte da arrecadação do IPVA fica com o município. A nota é assinada por Éder mendes, secretário de comunicação da cidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos