PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Jovem morre com tiro no rosto após tiroteio em saída de baile funk em São Gonçalo (RJ)

Felipe Martins

Do UOL, no Rio

23/07/2012 10h28

Um tiroteio na saída de um baile funk em São Gonçalo (região metropolitana do Rio) acabou resultando na morte de um jovem e deixando outro ferido gravemente. A troca de tiros ocorreu na frente do Clube Tamoio, no final da noite desse domingo (22).

Pablo Edésio de Souza, 19 anos, levou um tiro no rosto. Levado ao Pronto Socorro de São Gonçalo, acabou não resistindo. O primo, Cleiton de Souza da Silva, 19, levou um tiro nas costas, foi operado na mesma unidade e não corre risco de morrer.

De acordo com Cláudio Lopes, pai do jovem morto, o segurança do Clube Tamoio disparou contra os jovens após uma discussão provocada pelo barulho da moto de Cleiton. Ainda segundo o pai, o segurança é policial militar reformado.

“Ele [o segurança] ficou irritado com o barulho da moto do meu sobrinho e foi tomar satisfação. O meu filho vinha chegando e tentou separar. Meu filho nunca gostou de briga. Ele tentou separar pra não ter confusão e acabou morrendo, levando um tiro no rosto”, disse Lopes.

Muito emocionado, o pai de Pablo ainda criticou a atitude do segurança do clube. “Ele deveria ter chamado o 190, essa é a responsabilidade dele como segurança, não agido daquela maneira”.

Policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar (São Gonçalo) foram ao local, mas ninguém foi preso. O caso está sob investigação na 74ª DP (Alcântara).  A Polícia Militar não se pronunciou até o momento sobre o caso.

O enterro de Pablo está marcado para às 16h30 desta segunda-feira (23) no Cemitério de São Gonçalo.

Cotidiano