PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Chuva forte isola pessoas, provoca alagamentos e derruba árvores em Belo Horizonte

Entulhos se acumulam em rua de Montes Claros (MG) após temporal - Divulgação/PMMG
Entulhos se acumulam em rua de Montes Claros (MG) após temporal Imagem: Divulgação/PMMG

Rayder Bragon

Do UOL, em Belo Horizonte

21/01/2013 09h51Atualizada em 21/01/2013 15h57

Uma chuva forte no início da noite deste domingo (20) provocou alagamento em várias ruas e avenidas de Belo Horizonte, além de quedas de árvores, e ainda fez com que unidades do Corpo de Bombeiros fossem acionadas para salvamento de pessoas ilhadas em casas.

De acordo com a corporação, foram listadas seis ocorrências de desabamentos de muros e paredes de casas e 42 de quedas de árvores sobre a fiação elétrica, casas, muros e vias da cidade.

Ao todo, houve três chamadas para socorro a pessoas ilhadas, sendo que em uma delas, vinte pessoas precisaram ser socorridas dentro de uma casa localizada no bairro Goiânia, região nordeste da capital mineira. No entanto, não houve registro de pessoas feridas.

Os bombeiros ainda foram acionados para vistoria em nove locais com risco de desabamento em casas, muros, ou deslizamento de barrancos.

De acordo com a assessoria da corporação, foram registrados 26 pontos de alagamentos em vias da cidade, com destaque para a avenida Cristiano Machado, no trecho localizado no bairro São Paulo, a avenida Bernardo Vasconcelos, no bairro Ipiranga, e ainda a avenida Amazonas, no trecho do bairro Barroca.

Em alguns desses locais, carros foram arrastados pela força das enxurradas, de acordo com boletim da Defesa Civil Estadual, que informou ter chovido 70mm em duas horas.

Estado

A Prefeitura de Montes Claros informou, nesta tarde, que 210 famílias ficaram desabrigadas em quatorze bairros da cidade por causa do temporal que atingiu a cidade na tarde do sábado (19), prolongando-se até a manhã do domingo (20). O órgão decretou situação de emergência no município, que não tinha uma chuva tão forte desde 1979. Segundo a prefeitura, foram registrados 175mm na cidade.

A Defesa Civil Municipal distribuiu colchões, cestas básicas e cobertores às famílias atingidas. A prefeitura relatou ainda que as pessoas foram levadas para casas de parentes ou vizinhos e não houve a necessidade de encaminhá-las para abrigos públicos.

Caso seja necessário, a administração municipal adiantou que vai colocar à disposição das pessoas desabrigadas o ginásio poliesportivo e escolas públicas municipais.

Já em Paraguaçu (362 km de Belo Horizonte), houve chuva forte neste domingo (20), o que causou danos em casas, veículos e na rede elétrica da cidade. De acordo com a Defesa Civil Estadual, não houve registro de pessoas feridas, e a prefeitura local não acionou o órgão em busca de auxílio.

O período chuvoso já provocou 22 mortes em Minas Gerais, sendo que nove pessoas ficaram feridas. Ao todo, 176 pessoas foram desabrigadas e 187 desalojadas. Segundo boletim da Defesa Civil Estadual, 13 cidades mineiras já decretaram situação de emergência por causa do mau tempo. 

Cotidiano