Topo

Sanfoneiro é único morto da banda que iniciou fogo em boate de Santa Maria (RS)

Do UOL, em São Paulo

27/01/2013 16h30Atualizada em 28/01/2013 10h02

Danilo Jaques foi o único integrante da banda Gurizada Fandangueira que morreu em meio à tragédia que foi iniciada com o show pirotécnico durante a apresentação na madrugada deste domingo (27) na boate Kiss, em Santa Maria (RS) --cidade a 286 km de Porto Alegre.

  • 5904
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2013/01/28/voce-acha-que-as-casas-noturnas-sao-seguras-no-brasil.js

Relatos de sobreviventes dão conta que uma faísca gerou o fogo, e o vocalista do grupo, Marcelo, tentou apagar o fogo com um extintor que falhou.

Integrantes da banda e amigos confirmaram a informação da morte de Jaques. O baterista Eliel de Lima disse que ajudou o companheiro a se livrar da sanfona antes de sair do palco.

A Gurizada Fandangueira se apresentava quase mensalmente na boate que foi palco da tragédia.

De acordo com o major Cleberson Bastianello, comandante do 2º Batalhão da Brigada Militar do BOE (Batalhão de Operações Especiais) de Santa Maria, até o início da tarde de domingo a lista de mortos chega a 231 pessoas.

O delegado Sandro Luís Meinerz, titular da 3ª Delegacia de Polícia de Santa Maria, disse que, a princípio, as pessoas morreram asfixiadas pela fumaça por não terem conseguido sair do local.

Incêndio em boate de Santa Maria (RS)
Veja Álbum de fotos

Mais Cotidiano