PUBLICIDADE
Topo

Ônibus cai de viaduto e mata sete pessoas no Rio de Janeiro

O ônibus caiu do viaduto Brigadeiro Trompowski na pista lateral da avenida Brasil - Marcus Vinicius/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
O ônibus caiu do viaduto Brigadeiro Trompowski na pista lateral da avenida Brasil Imagem: Marcus Vinicius/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Do UOL, no Rio

02/04/2013 16h52Atualizada em 02/04/2013 20h21

Um ônibus da linha 328 (Castelo-Bananal), da Viação Paranapuan, procedente da Ilha do Governador que seguia em direção ao centro do Rio, sofreu um acidente por volta das 16h30 desta terça-feira (2), no viaduto Brigadeiro Trompowski, altura da Ilha, na zona norte, quando caiu na avenida Brasil, matando sete pessoas, segundo o Corpo de Bombeiros.  O secretário estadual de Defesa Civil, coronel Sérgio Simões, afirmou que as vítimas fatais são cinco homens e duas mulheres, todos adultos. O número de feridos é de 15 pessoas, das quais nove foram levadas para hospitais --entre eles o motorista do veículo.

A corporação enviou para o local cerca de 50 homens de cinco quartéis: Ramos, Benfica, Penha, Méier, Ilha do Fundão e Grupamento de Busca e Salvamento. Além disso, cinco ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento de Emergência) e carros da Polícia Militar foram enviados para auxiliar os trabalhos no ponto onde o ônibus despencou. Operários de uma obra da prefeitura foram os primeiros a socorrer as vítimas do acidente.

Estado de saúde

Os feridos foram encaminhados para o hospital de Bonsucesso (duas pessoas), também na zona norte, além dos hospitais Souza Aguiar (duas pessoas), na área central da cidade; Getúlio Vargas (quatro pessoas), na Penha; Miguel Couto (duas pessoas), na zona sul; e de Saracuruna (duas pessoas), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Duas vítimas foram atendidas no local e liberadas.Três helicópteros auxiliaram na locomoção.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, dois homens foram encaminhados ao Hospital Miguel Couto em estado grave, com quadro de politraumatismo. Um homem e uma mulher foram levados com fraturas no braço e na perna ao Hospital Souza Aguiar e se encontram com quadro estável.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital de Bonsucesso, na zona norte da cidade, uma adolescente de 17 anos sofreu fratura na clavícula e traumatismo craniano leve. Ela foi submetida a uma tomografia e está em observação na emergência.

Outra vítima que está em observação no hospital é uma senhora de 59 anos que não estava no ônibus, mas teve um mal súbito ao ver o acidente. Ela teve insuficiência respiratória aguda, foi entubada e internada na unidade de pacientes graves.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, quatro feridos foram encaminhados ao Hospital Getúlio Vargas, na zona norte : um idoso de 86 anos, que sofreu traumatismo crânio-encefálico leve e está lúcido; uma adolescente de 17 anos, que sofreu trauma de tórax leve; um homem de 33 anos, que sofreu fratura de fêmur e traumatismo crânio-encefálico médio; e um homem de 18 anos, que está em estado gravíssimo, com traumatismo crânio-encefálico. Ele já passou por drenagem na região do tórax e está passando por procedimento cirúrgico. Uma vaga em UTI foi reservada para esse paciente.

Ainda segundo a secretaria, uma mulher de 30 anos foi encaminhada ao Hospital Adão Pereira Nunes (Saracuruna). Ela está em estado gravíssimo, com diversas lesões na área do tórax e aguarda estabilização hemodinâmica para ser submetida à cirurgia.

Ainda não há confirmação sobre as causas do acidente, mas testemunhas relataram por telefone à "Globo News" que o motorista do ônibus estaria discutindo com um passageiro quando perdeu o controle do veículo.

Acidente complicou trânsito

O Corpo de Bombeiros chegou a interditar totalmente a via para facilitar o trabalho de resgate. Às 18h, três faixas da via --na pista central --já estavam liberadas. Técnicos da Companhia de Engenharia de Tráfego farão a retirada do ônibus.

O Centro de Operações ‏da Prefeitura do Rio de Janeiro informou, via Twitter, que há congestionamento no sentido zona oeste da avenida Brasil até a altura da Ilha, com reflexos até o túnel Rebouças, sentido zona norte. Já na avenida Brasil sentido centro, havia lentidão desde o Cordovil até a Ilha, trecho onde houve o acidente. (Com agências)

Queda de ônibus mobiliza equipes para resgate de vítimas

Cotidiano