PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Menor que bateu carro roubado em SP passa mal em DP e morre a caminho de PS

Adolescentes em um carro roubado se envolveram em um acidente e ficaram feridos na marginal Tietê, próximo à ponte Júlio de Mesquita Neto, zona oeste de São Paulo - Alex Falcão/Futura Press
Adolescentes em um carro roubado se envolveram em um acidente e ficaram feridos na marginal Tietê, próximo à ponte Júlio de Mesquita Neto, zona oeste de São Paulo Imagem: Alex Falcão/Futura Press

Do UOL, em São Paulo

13/05/2013 16h38Atualizada em 13/05/2013 19h16

O adolescente de 17 anos que bateu um carro roubado em um poste da marginal Tietê, na noite desse domingo (12), morreu na manhã desta segunda-feira (13) depois de passar mal no 91º DP (Ceagesp).

Após o acidente, ele foi atendido na Santa Casa de São Paulo, onde foi submetido a exames. Liberado pelo hospital hoje de manhã, ele foi encaminhado ao distrito policial para prestar esclarecimentos. Lá, teve um mal estar e foi levado ao Pronto Socorro da Lapa. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o adolescente chegou ao PS já morto, às 8h16. A Secretaria de Segurança Pública ainda não se pronunciou sobre o caso.

Em nota, a Santa Casa de São Paulo informou, por meio da assessoria de imprensa, que o adolescente deu entrada no pronto-socorro central às 23h34 de ontem com politrauma, recebeu avaliação médica inicial "e realizou todos os exames pertinentes".

"O paciente passou por exames de raios-x de tórax e da bacia, ultrassonografia do abdome total, tomografia de crânio e cervical. Informamos que todos os exames complementares realizados foram normais." 

"O menor também passou por avaliação da equipe de neurocirurgia e permaneceu em observação médica. Durante o tempo de observação, o paciente não apresentou intercorrência clínica. Foi liberado pela manhã, por volta das 6h30 do dia 13 de maio de 2013, com exame clínico normal", completou a nota.

O acidente

A colisão com o veículo roubado ocorreu  próximo à ponte Atílio Fontana, na zona oeste de São Paulo, por volta das 23h desse domingo (12).

Além do motorista, quatro garotas que estavam no veículo ficaram feridas. As vítimas foram levadas para a Santa Casa e o Hospital Cachoeirinha.

Após resgatar as vítimas, os policiais notaram que o carro tinha queixa de roubo. O dono do veículo compareceu ao 91º DP (Vila Leopoldina) durante a madrugada desta segunda-feira para recuperar o automóvel.

Ele contou aos policiais que foi assaltado por dois homens armados na noite de sexta-feira (10) próximo a um bar da zona oeste.

Os policiais que atenderam a ocorrência afirmaram que a placa do automóvel tinha sido modificada com fita isolante. (Com Estadão Conteúdo)

Cotidiano