Operação desarticula em SP quadrilha suspeita de fraudar R$ 2,7 bi no setor de soja

Do UOL, em São Paulo

Uma operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) nas cidades de São Paulo, Osasco (Grande SP) e Bauru (interior paulista) desarticulou nesta terça-feira (21) uma quadrilha suspeita de causar prejuízos de ao menos R$ 2,7 bilhões ao Fisco.

De acordo com o Ministério Público em São Paulo, a quadrilha agia no setor de processamento de soja e teria causado o prejuízo bilionário aos cofres públicos do Estado e da União "mediante fraude fiscal viabilizada pela corrupção de agentes públicos graduados que receberam mais de R$ 500 mil em propinas".

A operação foi coordenada pelo núcleo do Gaeco em Bauru em conjunto com a Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo e apoio das Polícias Civil e Militar. Ao todo, foram cumpridos 20 mandados judiciais de busca e apreensão e 10 mandados de prisão nas três cidades.

Conforme o MP, detalhes da ação só serão divulgados à tarde, em entrevista coletiva marcada para as 15h na sede do MP na capital paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos