Topo

Com greve de ônibus, vans 'piratas' de Florianópolis cobram até R$ 10

Renan Antunes de Oliveira

Do UOL, em Florianópolis

2013-06-10T12:12:10

10/06/2013 12h12

A greve de motoristas e cobradores de ônibus que começou nesta segunda-feira (10) em Florianópolis fez com que vans piratas tentassem suprir a demanda por transporte, cobrando tarifas de até R$ 10 - independente da rota e da distância percorrida.

Nas paradas de ônibus, formam-se grupos a espera das vans oferecidas pela prefeitura, mas o serviço tem sido criticado pela população. "Como é que eu  vou pagar R$ 7,00 para ir para o centro, se um ônibus custava R$ 2,70 ?", diz o comerciário Manoel Dias Leal, 34.

Um problema extra é que os passageiros das vans não podem usar os cartões de passe do sistema integrado, sendo obrigados a pagar em dinheiro. As vans não têm roteiro definido - e não podem transportar nem a décima parte da frota de 480 ônibus que circulam todos os dias na capital catarinense. 

Muita gente que não usava o carro está tendo que recorrer a ele. E quem tem carro está dando carona nas paradas de ônibus, como é exemplo a professora aposentada Ludmila Silva. Ela saiu da casa no bairro Ingleses levando para o centro "todos que encontrei no caminho, pegava um aqui e largava lá, mais de cinco pessoas", contou. 

Mais Cotidiano