Topo

Dono de pizzaria assassinado com sobrinho em SP teve casa assaltada há 15 dias

Do UOL, em São Paulo

2013-06-10T17:00:06

2013-06-10T19:24:38

10/06/2013 17h00Atualizada em 10/06/2013 19h24

A Polícia Civil em São Paulo começou a trabalhar nesta segunda-feira (10) no cruzamento de imagens do circuito interno de câmeras de uma pizzaria onde ocorreu um duplo latrocínio (roubo seguido de morte), na noite desse domingo (9), com fotos de suspeitos de assalto na região.

O crime aconteceu na Vila Nova Cachoeirinha, zona norte de São Paulo, e deixou mortos o dono do estabelecimento, Reginaldo Marcelino Vizani, 51, e o sobrinho dele que era atendente no local, Felipe Vizani, 19. Segundo reportagem da Band, o comerciante já havia sido vítima de assalto há 15 dias, quando criminosos invadiram a residência dele e levaram R$ 20 mil e produtos eletroeletrônicos.

As investigações são realizadas pelo Deic (Departamento de Investigação do Crime Organizado)  e pelo 40º DP (Vila Maria), distrito policial onde as primeiras testemunhas começaram a ser ouvidas: uma funcionária da casa e clientes que foram rendidos pelos criminosos do lado de fora da pizzaria. Serão chamados também para depor vizinhos, amigos e familiares das vítimas.

  • 7946
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2013/04/25/voce-sente-que-a-violencia-em-sao-paulo-aumentou-nos-ultimos-meses.js

Segundo a assessoria de imprensa do Deic, os policiais tentam identificar a autoria do crime a partir do cruzamento das imagens das câmeras da pizzaria e de outros equipamentos, nas imediações, com as de imagens assaltantes envolvidos em roubos com características semelhantes.

Ainda conforme o Deic, policiais das duas delegacias foram até a cena do crime a fim de encontrar pistas que levem aos suspeitos. A investigação é classificada pelas autoridades policiais como “uma colcha de retalhos”, informou uma fonte do meio.

Além da morte do proprietário e do sobrinho, a ação dos três bandidos terminou ainda com um pizzaiolo ferido, mas sem gravidade.

Onda de crimes no Estado de São Paulo
Onda de crimes no Estado de São Paulo
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','64036', '')

Também hoje, em entrevista, Luciano Vizani, irmão de Reginaldo e pai de Felipe, disse ter vontade de se mudar da cidade.

"A gente trabalha 10, 15 horas por dia para ter um futuro melhor para nossa família, e infelizmente não temos segurança. São Paulo é uma cidade maravilhosa, mas infelizmente o governo não zela pela segurança", afirmou Luciano ao SPTV, da Rede Globo.

O crime

De acordo com a Polícia Civil, três homens invadiram o restaurante, que fica na rua Quartim Barbosa, anunciaram o assalto e logo após atiraram contra o peito de Reginaldo Marcelino Vizani, 51, dono do estabelecimento.

Seu sobrinho, Felipe Vizani, 19, que trabalha como atendente na pizzaria, tentou defender o tio e foi atingido com um disparo na região da barriga. Os criminosos ainda feriram o pizzaiolo Antônio José da Silva, 47, que estava próximo aos dois, com um tiro na perna.

Mais Cotidiano