PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

"Vim para isso", diz pai de bebê beijado pelo papa no Rio

O papa Francisco beija o pequeno Miguel enquanto circula a bordo do papamóvel pelas ruas do centro do Rio - Marco Antônio Teixeira/UOL
O papa Francisco beija o pequeno Miguel enquanto circula a bordo do papamóvel pelas ruas do centro do Rio Imagem: Marco Antônio Teixeira/UOL

Mauricio Stycer

Do UOL, no Rio

22/07/2013 18h13

Rodrigo Coelho deixou Carneirinho, cidade de cerca de 10 mil habitantes no oeste de Minas Gerais, com uma única intenção: “Que o papa pegasse e abençoasse meu filho”. Missão dada é missão cumprida, pode dizer agora. “Foi muita emoção”, disse Rodrigo, depois que Miguel Braga Coelho ganhou um beijo do papa.

Ao final do passeio pelo centro do Rio, no final da tarde desta segunda-feira, o papamóvel se deteve na esquina das avenidas Rio Branco e Almirante Barroso, onde Rodrigo e sua mulher, Juliana, seguravam Miguel, de sete meses, no colo. “Somos católicos e isso era muito importante para nós”.
“Nós já viemos com essa intenção”, explicou Rodrigo, que é encarregado administrativo, aos repórteres que o cercaram. “Nós sabíamos que o papa poderia segurar algumas crianças”. 
Com o bebê no colo, Rodrigo se posicionou em local estratégico, diante de dezenas de fotógrafos que aguardavam o papamóvel despontar. Conseguiu se manter na posição mesmo depois que dezenas de pessoas foram retiradas do local por estarem à frente do cordão de isolamento.  “Consegui!”, repetia o pai, emocionado.

Está na JMJ? Mande sua foto

Você vai participar da Jornada Mundial da Juventude? Registrou cenas curiosas de peregrinos? Fez imagens dos eventos e do papa Francisco? Envie para o UOL. Mande seu material por e-mail para vocemanda@uol.com.br. Pelo Twitter, envie fotos ou relatos citando o perfil de @UOLNoticias e utilizando a hashtag #vocemanda

Quebra de protocolo

Após ser recepcionado no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) pela presidente da República, Dilma Rousseff, pelo governador do Estado, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da capital, Eduardo Paes, entre outras autoridades, o papa Francisco deixou o terminal, que fica na Ilha do Governador (zona norte), em direção a seu primeiro tour pelo centro da capital fluminense. No caminho, ele quebrou o protocolo ao parar o carro para cumprimentar fiéis.
 
A comitiva papal também pegou um congestionamento na avenida Presidente Vargas. Neste momento, centenas de fiéis se aproximaram do veículo com o papa. Uma mulher entregou uma criança para o pontífice pela janela do carro. Francisco a beijou e a devolveu à mulher. Durante o percurso, ele beijou três bebês e abençoou uma peregrina.

Papa embarca em Roma para o Brasil

Cotidiano