PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Band e RedeTV! desistem no meio e deixam a Globo sozinha em Via Sacra arrastada

Cruz é carregada no início da encenação da Via Sacra em palco da praia de Copacabana, zona sul do Rio - Reprodução
Cruz é carregada no início da encenação da Via Sacra em palco da praia de Copacabana, zona sul do Rio Imagem: Reprodução

Mauricio Stycer

Do UOL, no Rio de Janeiro

26/07/2013 20h01

A Globo alterou a sua programação para mostrar, sem intervalos comerciais, por quase duas horas, a encenação da Via Sacra na Avenida Atlântica, em Copacabana – um dos principais eventos da Jornada Mundial da Juventude, acompanhada pelo papa Francisco. 

Outras duas emissoras entre as TVs abertas, Band e RedeTV!, chegaram a exibir o evento católico, mas não foram até o fim, retornando a suas programações normais em diferentes momentos. SBT e Record não mostraram a cerimônia.
 
 
A Globo deixou de exibir a novela “Flor do Caribe” e alterou o horário de várias outras atrações para ficar no ar, ao vivo, por todo o período. O discurso do papa, ao final da encenação, feito em espanhol, não contou com tradução simultânea.
 
O diretor Ulysses Cruz havia prometido uma Via Sacra com muitas alusões aos dias de hoje. "O texto relaciona o sofrimento de Jesus na cruz com o sofrimento do jovem hoje, com as mazelas que aparecem diante do jovem hoje em dia", disse ao UOL.  A encenação não teve, porém, a dramaticidade que se imaginava. Ao contrário, foi muitas vezes tediosa.
 
Sóbrios, sem cometer excessos, a apresentadora Renata Vasconcellos e o monsenhor André Sampaio trataram de “traduzir” o que se via na tela para o público da forma mais didática possível. Se evitaram, desta forma, gafes, por outro lado, ajudaram a deixar a transmissão ainda mais arrastada. 
Jornada Mundial da Juventude 2013
Jornada Mundial da Juventude 2013
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','71412', '')

Cotidiano