Topo

Cinco homens são presos e um morre em megaoperação conjunta em favela do Rio

Divulgação PM Rio
Nove motocicletas e um carro foram apreendidos, além de 39 máquinas de caca-níquel Imagem: Divulgação PM Rio

Do UOL, no Rio

2013-08-02T09:14:12

2013-08-02T14:54:16

02/08/2013 09h14Atualizada em 02/08/2013 14h54

Cerca de 200 homens das polícias Civil, Militar e Federal realizam desde a madrugada desta sexta-feira (2) uma megaoperação conjunta para cumprir oito mandados de prisão no conjunto de favelas do Lins de Vasconcelos, na zona norte do Rio. Até as 12h, cinco homens foram presos e um morreu em confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

A vítima fatal, ainda não identificada, chegou a ser levada ao Hospital Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimento. Com ele, foi apreendida uma submetralhadora. Entre os quatro detidos, dois eram fugitivos do sistema penitenciário, segundo a PM, todos eles foragidos do sistema penitenciário. Charles Ferreira dos Santos, 27; Paulo Roberto Freitas, 20; Wilson dos Santos Vital de Oliveira, 19; João Batista Pereira da Silva, 44; e Daniel Cavalcante da Silva, 23, foram encaminhados para a 26ª DP (Todos os Santos). Nove motocicletas e um carro foram apreendidos, além de 39 máquinas de caca-níquel.

A operação conta com auxílio de três veículos blindados (conhecidos como caveirões), e dois helicópteros, além de uma retroescavadeira e uma pá mecânica para destruir barreiras de concreto colocadas nas ruas das favelas pelos traficantes para impedir a entrada dos carros da polícia.

Policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais), do BPChq (Batalhão de Choque), do BAC (Batalhão de Ação com Cães), do GAM (Grupamento Aéreo e Marítimo), da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Civil, da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário e a da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança atuam na operação.

O conjunto de favelas do Lins é cortado pela autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, uma das principais vias de ligação da zona oeste com a zona norte e o centro da capital fluminense. De acordo com a PM, não houve troca de tiros na região, e o tráfego flui normalmente.

Ocupação na Baixada

A Polícia Militar começou também, na manhã desta sexta-feira (2), a ocupação da favela da Mangueirinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. É a primeira ocupação policial em uma comunidade na Baixada.

Segundo informações da PM, o local deve receber uma Companhia Destacada, com 180 policiais, na próxima segunda-feira (2). Para a operação de hoje, foram mobilizados 150 homens.

Ainda não há informações de prisões e apreensões. A operação está sendo coordenada pelo 3º Comando de Policiamento de Área. (Com Estadão Conteúdo)

Mais Cotidiano