PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Bem-humorada, lixeira falante no Rio dá bronca em quem joga lixo no chão

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

28/08/2013 06h00

Para chamar a atenção do público sobre a nova lei municipal do Rio de Janeiro que prevê multas para quem jogar lixo na rua, a ONG Rio eu Amo eu Cuido criou uma lixeira falante, que ajuda a divulgar a pena para quem descumprir a medida.

A Laranjinha, como é chamada pela ONG, tem olhos, braços e boca, de onde um auto-falante emite a voz da lixeira. Com frases bem humoradas, o boneco tenta chamar a atenção de quem passa por perto. "Quem joga lixo no chão é um tremendo vacilão. Alguém tem um lixinho pra jogar em mim?", brinca a lixeira tagarela. 

  • 10986
  • true
  • http://noticias.uol.com.br/enquetes/2013/08/20/voce-concorda-com-a-cobranca-de-multas-para-quem-jogar-lixo-no-chao-no-rio.js

A voz é de um locutor que fica próximo ao local da lixeira para observar aqueles que se aproximam e direcionar a mensagem, usando características das pessoas para chamar a atenção.

Desde sua criação, a Laranjinha já foi levada ao centro, quando a lei começou a vigorar, a Copacabana, na zona sul, a Bangu, na zona oeste, e à praça Saes Peña, na zona norte. Até o próximo dia 8, a lixeira falante vai passar por mais cinco lugares para falar sobre a importância de jogar o lixo no lugar certo.

Na terça-feira (27), ela estava na rua do Catete, próximo a uma das saídas da estação Largo do Machado do metrô. Entre os que passaram por ela, os que mais foram provocados foram os fumantes. "Hei você aí, fumando esse cigarrinho. Não vai jogar a guimba no chão".

Uma das que entrou na brincadeira foi Vera Távora, 75, que terminou o cigarro e foi até Laranjinha para jogar a bituca. "Eu nunca jogo lixo no chão. Quando não tem lixeira, uso meu cinzeiro de bolsa", disse.

Os amigos Pedro Filgueiras e Renato Welsing, ambos de 12 anos, pararam perto da lixeira na volta da escola. "Improvisaram" um lixo só para jogar e saber quem fazia a voz da lixeira falante.  "Chama bastante atenção. É divertido", disse Renato. "Quando não tem lixeira, eu guardo o lixo no bolso", disse Pedro sobre a campanha.

Mais de cem são multados no Rio por jogar lixo na rua

Marcus Liberato, 28, ator que dá voz à Laranjinha, disse que o público aceita bem as brincadeiras e participa, jogando lixo na cesta falante ou em uma lixeira próxima.

"De vários lugares que passamos, só duas pessoas não gostaram da brincadeira e foram agressivas. A aceitação é grande", disse.

As crianças são as que mais se divertem e participam. Elas se aproximam e até tocam na lixeira. Luiz Fernando, 4, é filho da ambulante Lediane Pereira dos Santos, 25, que tinha uma barraca próxima onde ficou a lixeira na terça. Ele pegou lixo de toda calçada para jogar em Laranjinha.

"As pessoas reclamam que não tem lixeira, mas agora tem e o chão continua sujo. Olha lá uma garrafinha e ninguém pega", disse a ambulante sobre o trecho de calçada em que trabalha.

O programa Lixo Zero começou a valer na última terça-feira (20) e prevê multas entre R$ 157 e R$ 3.000 para quem jogar detritos na rua --o valor varia de acordo com o tamanho e peso do lixo.

Nesta quarta (28), a prefeitura divulgará um balanço do número de multas aplicadas. Até o fim desta semana, somente o centro tem agentes e guardas municipais que aplicam as multas. A partir da próxima semana, a orla da zona sul também terá equipes.

Cotidiano