Topo

Implosão da Perimetral acontece no próximo domingo e usará 1.200 kg de explosivos

Parte do Elevado da Perimetral deve ser implodido neste final de semana, no Rio. Entenda como será a ação clicando na imagem - Arte/UOL
Parte do Elevado da Perimetral deve ser implodido neste final de semana, no Rio. Entenda como será a ação clicando na imagem Imagem: Arte/UOL

Do UOL, no Rio

22/11/2013 06h00Atualizada em 22/11/2013 15h25

A demolição do Elevado da Perimetral, no trecho do entre a avenida Professor Pereira Reis e a rua Silvino Montenegro, no centro do Rio de Janeiro, tem números grandiosos: serão utilizados 1.200 kg de explosivos para detonar os pilares que sustentam a pista da via e 2.500 "colchões" de pneus e areia para absorver o impacto, segundo informações da Prefeitura do Rio de Janeiro.

A implosão do viaduto, que foi interditado e começou a ser desmontado no último dia 2, está marcada para as 7h do próximo domingo (24).

Para a colocação dos explosivos, foram perfurados cerca de 2.500 buracos nos pilares do viaduto. No trecho a ser implodido, será instalada uma tela de proteção de 215.340 m², com a função de evitar a dispersão de fragmentos.

Presidente da concessionária Porto Novo, responsável pelas obras na região e pela demolição do elevado, José Renato Ponte afirmou que o trecho de 1.050 metros do Elevado da Perimetral a ser demolido é composto por 29 vãos e 232 vigas.

As vigas retiradas foram leiloadas pela prefeitura na quinta-feira (21), por cerca de R$ 4,7 milhões. A vencedora do leilão foi a Metral Empresas de Transportes Ltda, que ofertou R$ 520 por tonelada. As 384 vigas totalizam 9.180 toneladas.

A Cdurp (Companha de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio) tomou a iniciativa de leiloar o material de sustentação da Perimetral 43 dias depois que seis vigas semelhantes, constituídas de aço corten e estimadas em R$ 1,44 milhão, foram dadas como desaparecidas.

A área de influência direta da demolição engloba cerca de 50 imóveis, com um total de 130 pessoas, que serão evacuadas de onde moram por algumas horas no dia 24. As principais recomendações são fechar portas e janelas, desligar a chave geral de energia de sua residência, fechar o registro do botijão de gás e levar os animais de estimação. Não serão permitidos veículos estacionados nas ruas bloqueadas, somente dentro de garagens.

Outros 297 imóveis serão influenciados indiretamente. Os ocupantes deles, no entanto, não precisarão deixar o local e já foram informados, segundo Ponte.

De acordo com o presidente da concessionária, o impacto da implosão será cinco vezes menor do que o máximo permitido pelas normas internacionais. Para a preparação da implosão, foram instalados sob o viaduto 2.512 conjuntos de pneus preenchidos de areia e 2.240 estacas em tambores.

Durante  toda a operação de domingo, serão as sirenes de alerta serão tocadas cinco vezes. A primeira, 30 minutos antes da implosão, para o bloqueio das vias no entorno; a segunda, dez minutos antes da detonação dos explosivos; a terceira cinco minutos antes; a quarta, mais longa, no momento da implosão; e a quinta após a inspeção final, para liberação da área.

A Perimetral era uma das vias mais importantes da cidade e ligava a zona sul à avenida Brasil e à ponte Rio-Niterói. O projeto de revitalização do porto do Rio prevê a demolição do viaduto da Perimetral para que os veículos circulem por túneis --em fase final de construção.

O elevado começou a ser construído em 1950, e seu primeiro trecho --que ligava o Aeroporto Santos Dumont à Candelária-- foi inaugurado em 1960. A via foi desativada 63 anos após o início das obras.

Interdição adiada

Inicialmente, a interdição do Elevado da Perimetral estava prevista para o dia 19 de outubro, mas foi adiada por conta de uma recomendação do MP-RJ (Ministério Público do Rio).

Para a Promotoria, o plano elaborado pela prefeitura não fazia o diagnóstico da situação dos principais corredores viários de acesso à área central por meio de contagens periódicas do tempo e extensão de engarrafamentos.

O MP-RJ argumentou que, pelo tamanho dos impactos do projeto Porto Maravilha, as ações na região deveriam ser estudadas, simuladas, divulgadas e colocadas em prática com maior antecedência.

A prefeitura acatou a recomendação e realizou quatro testes de fechamento do elevado e abertura da via Binária, nos dias 20, 24, 26 e 27 de outubro. Segundo a Secretaria Minucipal de Transportes, 78 mil veículos passavam pelo elevado em dias úteis --a média chegava a 2.500 mil carros por hora entre as 6h e 9h e as 17h e 20h.

Interdições e desvios para a implosão da Perimetral

HorárioLocalDesvio
23hElevado 31 de Março, sentido Santo CristoO trânsito será desviado para a avenida Presidente Vargas
0hAvenida Prof. Pereira Reis x Cidade de LimaO trânsito será desviado para a avenida Cidade de Lima
2hViaduto do Gasômetro X Via Binário do PortoO trânsito será desviado em direção à avenida Francisco Bicalho
 Rua General JustoO trânsito será desviado para o Mergulhão da Praça 15
 Via Binário do PortoTodos os cruzamentos da Via Binário do Porto estarão fechados para evitar acesso à avenida Rodrigues Alves
 Rua Silvino Montenegro X Via Binário do PortoBloqueio
 Avenida Rodrigues Alves X Praça Mauá, sentido rodoviáriaO trânsito será desviado para a pista da esquerda avenida Rodrigues Alves e será feito o retorno para a avenida Venezuela, avenida Barão de Tefé ou avenida Rio Branco
 Rua da Gamboa X Rua UniãoO trânsito será desviado para a rua União
 Rua Sousa e Silva X Avenida VenezuelaO trânsito será desviado para a avenida Venezuela
 Rua Sousa e Silva X Avenida Rodrigues AlvesO trânsito será desviado para a avenida Venezuela
 Rua Equador X Rua Cordeiro da GraçaO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Avenida Rodrigues Alves X Rua Cordeiro da GraçaO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Via Trilhos X Rua Cordeiro da GraçaO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Via Trilhos X Avenida Prof. Pereira ReisO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Rua Equador X Avenida Prof. Pereira ReisO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Via Binário X Avenida Prof. Pereira ReisBloqueio
 Rua Equador X Avenida Prof. Pereira ReisO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Rua União X Rua Santo CristoO trânsito será desviado para a rua Santo Cristo
 Rua Silvino Montenegro X Avenida VenezuelaO trânsito será desviado para a avenida Venezuela
 Rua Antônio Lage X Avenida VenezuelaO trânsito será desviado para a avenida Venezuela
 Avenida Rodrigues Alves X Avenida Barão de TeféO trânsito será desviado para a avenida Barão de Tefé
 Avenida Rodrigues Alves - Fechamento da agulha da Polícia FederalO trânsito deverá retornar para a avenida Rio Branco
 Perimetral altura da praça Mauá, sentido AterroO trânsito deverá retornar para a avenida Rio Branco
 Avenida Rodrigues Alves X Avenida Rio de JaneiroO trânsito será desviado para o Binário 2
 Praça Mauá (bloqueio na altura do Pier Mauá)O trânsito deverá retornar para a avenida Rio Branco
 Avenida Rodrigues Alves (nos dois sentidos) x Rua Cordeiro da GraçaO trânsito será desviado para a rua Cordeiro da Graça
 Via Binário x Avenida Prof. Pereira ReisO trânsito será desviado para avenida Prof. Pereira Reis
 Rua Santo Cristo x Via BinárioO trânsito será desviado para a rua Santo Cristo
 Rua da Gamboa x Via Binário, sentido CentroO trânsito será desviado para a rua Santo Cristo
 Rua Rivadávia x Rua da GamboaO trânsito será desviado para o Binário 2
 Perimetral x Gasômetro, sentido CentroO trânsito será desviado para o Binário 2 ou para a avenida Francisco Bicalho
5hAvenida Francisco Bicalho X Rua Comandante Garcia PiresO trânsito será desviado pela rua Santo Cristo
 Avenida Rodrigues Alves X Avenida Francisco Bicalho, sentido CentroO trânsito será desviado para a avenida Francisco Bicalho
 Avenida Rodrigues Alves (fechamento da agulha na altura do Pier Mauá)O trânsito deverá retornar para a avenida Rio Branco
 Rua Rivadávia x Via BinárioO trânsito será desviado para o Binário 2
 Avenida Rodrigues Alves x Binário 2O trânsito será desviado para o Binário 2 ou para a avenida Francisco Bicalho

 

Mais Cotidiano