Topo

Cinegrafista é assassinado a tiros no interior do RN

Do UOL, em Maceió

17/02/2014 11h02Atualizada em 02/04/2014 20h54

O repórter cinematográfico José Lacerda da Silva, 50, foi morto a tiros, na noite desse domingo (16), em Mossoró (285 km de Natal). O jornalista trabalhava para o Grupo TCM de Comunicação.

Segundo a polícia, ele foi atingido por dois disparos quando estava andando na rua.

Homens em um carro atiraram contra o cinegrafista, que ainda chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de chegar ao Hospital Regional de Mossoró. A polícia ainda não informou sobre suspeitos pela morte.

Em nota, o grupo TCM lamentou a morte e disse que Lacerda tinha mais de 20 anos de experiência e há 11 trabalhava como cinegrafista da TV Cabo Mossoró.

“A morte do nosso companheiro José Lacerda deixa uma lacuna dolorosa e um profundo sentimento de tristeza em toda a imprensa do Rio Grande do Norte. Esperamos que a Justiça e as autoridades competentes possam esclarecer as circunstâncias desse crime e punir os responsáveis”, diz o grupo, em nota.

Lacerda havia completado 50 anos há sete dias, era casado e deixa seis filhos -- dois do segundo casamento e quatro do primeiro.

O corpo de Lacerda será levado, ainda nesta manhã, para ser sepultado no município de Luiz Gomes, terra natal do cinegrafista. O enterro está marcado para o fim da tarde.  

Mais Cotidiano