PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Reconstrução pode levar um ano, diz prefeito de cidade atingida por tornado

Dinilson Vieira

Do UOL, em Joinville

22/04/2015 09h56

O prefeito de Xanxerê (551 km de Florianópolis), Ademir Gasparini (PSD), afirmou que será necessário de seis meses a um ano para reconstruir a cidade, em razão dos estragos causados pelo tornado que passou pelo município na segunda-feira (20).

“Para reconstruir tudo, vamos levar de seis meses a um ano”, declarou o prefeito nesta terça-feira (21) ao jornal “Diário Catarinense”.

“A população está mais tranquila. Ainda não temos essa dimensão [dos prejuízos]. Além de casas, temos que reconstruir ginásios de esportes e unidades de saúde. As aulas estão suspensas. Pais e professores vão ajudar na reconstrução”, disse Gasparini.

O governador Raimundo Colombo (PSD) visitou Xanxerê na terça e descreveu o que viu como “assustador e impactante”. Colombo decretou estado de calamidade no município e informou que o governo tem um fundo de Defesa Civil para aportar os recursos necessários e auxiliar na recuperação da região.

Veja momento em que tornado atinge Xanxerê (SC)

Com 47 mil habitantes, Xanxerê tem mais de mil desabrigados e cerca de 2.600 casas danificadas pelos ventos, que chegaram a ultrapassar 220 km/h. Duas pessoas morreram e 120 ficaram feridas, cinco em estado grave. Uma criança está internada em coma induzido no Hospital Regional de Chapecó.

Nem todos os desabrigados aceitaram ir para os abrigos oferecidos pela prefeitura e pela Defesa Civil. Dezenas de moradores prefereriram permanecer nos escombros de suas residências recuperando o que podem, até para evitar saques nos locais. Seis bairros ficaram praticamente destruídos.

A força dos ventos derrubou mais de 300 postes na cidade, deixando sem luz cerca de 34 mil casas e estabelecimentos comerciais. Pelo menos dez torres de transmissão de energia caíram na região, prejudicando 53 mil unidades consumidoras em 14 cidades do oeste catarinense.

Exército reforça socorro

O ministro da Integração Nacional, Gilberto Magalhães Occhi, também esteve em Xanxerê e garantiu apoio do governo federal para socorrer o município.

Ele anunciou o envio de mais cem militares do Exército para auxiliar na reconstrução de casas. Eles vão se juntar a outros cem que já estão trabalhando na região.

Já o ministro do Trabalho, Manoel Dias, anunciou a liberação a partir desta quarta-feira (22) do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para famílias atingidas pelo tornado.

Cotidiano