Mulher é salva de sequestro ao deixar bilhete em posto de gasolina em MG

Rayder Bragon

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

  • PRF/Divulgação

    Recado deixado por uma mulher para um frentista em MG. A Polícia Rodoviária Federal conseguiu interceptar o sequestrador

    Recado deixado por uma mulher para um frentista em MG. A Polícia Rodoviária Federal conseguiu interceptar o sequestrador

Uma mulher que afirmou ter sido sequestrada pelo ex-companheiro foi resgatada, nesta quarta-feira (2), pela polícia após ter deixado um bilhete com frentista de posto de combustíveis, na rodovia Fernão Dias, próximo à cidade de Pouso Alegre (384 km de Belo Horizonte, situada no sul do Estado).

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o casal viajava em um carro, e o suspeito, de 54 anos, que não teve o nome revelado, parou no posto para abastecer o veículo. Neste momento,  a vítima, de 41 anos, conseguiu entregar o papel manuscrito a um funcionário do posto. Nele, a mulher, que se apresentou como advogada, afirmava que o motorista do carro tinha mandado de prisão em aberto contra ele e ainda usava identidade falsa. O casal fazia o trajeto no sentido do Estado de São Paulo. Na folha, a mulher pedia ainda o acionamento da PF (Polícia Federal).

A PRF disse ter sido alertada por funcionários do posto após o casal ter deixado o local e seguido viagem. Em seguida, a corporação disse ter montado um bloqueio no qual conseguiu interceptar o veículo, nas proximidades da cidade de Camanducaia (459 km da capital mineira). Após checagem, descobriram que o carro era roubado.

Ao ser libertada, a mulher informou aos policiais que fora sequestrada em Belo Horizonte e estava sendo levada para São Paulo.

Ainda conforme a PRF, o suspeito tem passagens pela polícia por diversos delitos e é acusado de um homicídio praticado no Estado do Rio de Janeiro. Além disso, constava um mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça de Minas Gerais por assalto a banco, em 2009, na cidade de Governador Valadares (311 km de Belo Horizonte).

A polícia, no entanto, ainda não sabe a motivação para o suspeito ter sequestrado a vítima. Também não relatou se o homem estava armado. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Civil de Camanducaia. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos