Policiais pelo Brasil homenageiam colegas mortos em queda de helicóptero no Rio

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

Militares de diferentes batalhões e quartéis pelo país prestaram homenagens aos quatro PMs mortos na queda de um helicóptero na Cidade de Deus, no Rio. Os tributos aparecem em postagens publicadas nas redes sociais neste domingo (20).

Após a queda do helicóptero, o Disque-Denúncia do Rio de Janeiro anunciou que oferecerá uma recompensa de R$ 5.000 a quem der informações que leve à prisão de assassinos de policiais militares. As denúncias podem ser feitas pelo telefone (21) 22531177 ou pelo aplicativo "Disque Denúncia Rio", disponível para Android e IOS.

Em meio às homenagens, moradores da Cidade de Deus encontraram sete corpos em um matagal. Segundo eles, os corpos seriam de moradores da comunidade. Os moradores acusaram policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) de terem matado e torturado os homens.

A Anistia Internacional divulgou nota condenando a política de segurança pública implementada no Estado do Rio de Janeiro. Segundo o comunicado, o governo tem falhado em proteger a vida tanto dos moradores quanto dos agentes de segurança pública.

No Distrito Federal, a PM e os bombeiros acionaram as sirenes dos veículos da PM em respeito aos policiais mortos. 

No Rio, a página no Facebook do 17º Batalhão da PM fez postagens homenageando cada um dos PMs mortos, com imagens de todos durante o trabalho e em momentos com a família e os amigos. O Batalhão de Choque também fez a sua homenagem na rede social. Imagens publicadas no Facebook mostram também o tributo prestoado pelo CICC (Centro Integrado de Comando e Controle).

Marcelo De Carvalho Mendes, sobrevivente da queda de um helicóptero no Rio em 2009 no Morro dos Macacos, também usou o Facebook para homenagear os amigos mortos no acidente de sábado. "você combateu o bom combate!!! Um dos melhores profissionais com quem tive a honra de trabalhar", disse ele sobre o subtenente Camilo Barbosa Carvalho, 39, tripulante do helicóptero. "Grande Schorcht. Garoto de bom coração, excelente profissional, humilde entre outras qualidades mais! Espero que DEUS ilumine seu caminho e te acolha", afirmou sobre o capitão Willian de Freitas Schorcht, 37, um dos pilotos da aeronave.

Foram publicadas ainda homenagens por militares de Pelotas, no Rio Grande do Sul (RS).

PMs de inúmeras cidades do país publicaram notas de homenagem e luto aos colegas mortos no Rio.

Durante o velório de três dos quatro mortos, uma equipe da PM do Rio sobrevoou de helicóptero o Batalhão de Choque e lançou pétalas de rosas. A cerimônia foi restrita aos parentes e amigos dos policiais. Ao fim da cerimônia, houve salva de tiros em homenagem aos militares. Colegas estavam muito emocionados.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos