Adutora se rompe na zona oeste do Rio e jorra água na rua

Do UOL, no Rio

Uma adutora da Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro) se rompeu na manhã desta quarta-feira (4) na Estrada do Lameirão, em Santíssimo, na zona oeste da capital fluminense, jorrando água com intensidade para o alto. Por conta da força do fluxo, ruas da região ficaram alagadas.

A companhia informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que uma equipe técnica foi enviada ao local e conseguiu fazer uma manobra para redirecionar o fluxo de água, no início da tarde.

A espécie de chafariz formada pelo rompimento da tubulação era mais alta que os postes de iluminação pública da região.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros, lotada em Campo Grande, também na zona oeste, foi chamada para prestar assistência no local às 11h36, e chegou antes do meio-dia, de acordo com a assessoria de imprensa da corporação. Os bombeiros informaram que não há feridos.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou que a Estrada do Lameirão foi interditada por causa da ocorrência com a tubulação da Cedae. As alternativas apontadas pelo órgão foram as estradas do Mendanha e do Quafá.

Curto-circuito

Mais cedo, a Cedae pediu que os moradores da capital e da Baixada Fluminense evitem desperdiçar água, porque o abastecimento foi prejudicado, devido a um curto-circuito na estação de tratamento do Guandu na noite desta terça (3).

Embora o problema já tenha sido solucionado, segundo a companhia, o fornecimento de água só deverá ser restabelecido ao longo desta quarta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos