RR: governo anuncia concurso para agente penitenciário e construção de presídio

Luan Santos

Colaboração para o UOL, em Boa Vista

  • Daniel Teixeira - 6.jan.2017/Estadão Conteúdo

    Familiares de detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista

    Familiares de detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista

A governadora de Roraima, Suely Campos (PP), autorizou nesta terça-feira (10) a realização de um concurso público para contratar 300 agentes penitenciários. Ela informou ainda que um novo presídio será construído no município de Boa Vista com recursos próprios do Estado.

"É uma resposta efetiva do governo a essa crise no sistema carcerário. Não vamos apenas esperar apoio do governo federal, mas estamos implementando ações efetivas dentro da estrutura do Estado", afirmou Suely, que completou que o concurso deverá acontecer "de forma imediata", sem especificar nenhuma data.

O novo presídio anunciado pela governadora deve ter capacidade para 380 detentos e pretende desafogar a lotação enfrentada no sistema prisional de Roraima.

Além da nova unidade prisional, o Estado também irá ganhar uma penitenciária federal após o Ministério da Justiça ter liberado R$ 46 milhões para Roraima. Desse dinheiro, R$ 31 milhões serão destinados a construções, que devem ficar concluídas em oito meses. O restante será utilizado em aparelhos. A nova unidade vai abrigar detentos que cumprem pena em regime fechado.

De acordo com o Governo, com as medidas anunciadas pela governadora, Roraima deverá ampliar ainda este ano mais 1.433 novas vagas no sistema prisional, eliminando o déficit existente hoje e a superlotação da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo.

Brasil soma 99 mortes em penitenciárias em 2017

Força Nacional em Roraima

Cem agentes da Força Nacional desembarcaram hoje na Base Aérea de Boa Vista, em Roraima, que foi palco do terceiro maior massacre do sistema prisional do país, onde 33 morreram na semana passada.

O primeiro avião da FAB trazendo 62 agentes pousou às 10h20 (12h20 no horário de Brasília). O segundo avião chegou às 12h10 (14h10 no horário de Brasília) com os demais integrantes.

Além do efetivo, também foram enviados 38 armas e "kits antitumulto", que incluem capacetes, escudos e máscaras. "Vamos nos reunir para especificar as missões e atuações dos agentes dentro e fora dos presídios", disse o secretário de Justiça e Cidadania de Roraima, Uziel Castro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos