Violência no Rio

Secretário municipal de Educação culpa PMs por morte de menina em escola no Rio

Do UOL, no Rio

  • Reprodução/Facebook

    Maria Eduarda Conceição morreu dentro da escola no Rio

    Maria Eduarda Conceição morreu dentro da escola no Rio

O secretário municipal de Educação do Rio, Cesar Benjamin, publicou na madrugada de domingo (2) um texto no qual culpa policiais militares pela morte da estudante Maria Eduarda Alves da Conceição, 13. A jovem foi atingida por três tiros de fuzil durante uma aula de educação física na escola municipal Jornalista Daniel Piza, na Pavuna, na zona norte carioca, na tarde de quinta-feira (30). A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga a origem dos disparos.

No momento do fato, havia um confronto entre PMs e traficantes de drogas da região, segundo a polícia. Para o secretário, apesar de a perícia ainda não ter sido concluída, os projéteis que atravessaram o muro do colégio saíram das armas dos policiais militares.

"Não resta dúvida de que os assassinos foram policiais militares que, de uma distância de cerca de 250 metros, decidiram alvejar com tiros de fuzil dois homens que transitavam armados. Atrás desses homens, dentro da escola, nossos alunos praticavam voleibol. Ficaram, pois, na linha de fogo. Maria Eduarda recebeu quatro tiros fatais."

Irmão mais velho de Duda, como era conhecida pela família, Uidson, 32, afirmou ter contabilizado 22 marcas de disparos na parede da unidade educacional. "Tem uns buracos tão grandes que dá para ver dentro do colégio", disse. O corpo da menina foi enterrado no sábado (1º), em Mesquita, na Baixada Fluminense.

No mesmo dia da morte de Duda, na calçada em frente ao colégio, dois PMs do 41º BPM (Irajá) foram flagrados no momento em que atiraram contra dois suspeitos que estavam no chão, baleados e desarmados. A cena foi filmada à distância por cinegrafista amador, e a divulgação do material resultou na prisão dos militares.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar do Rio informou, por e-mail, que "não comenta ilações". A corporação alegou que o caso ainda está sendo investigado pela Divisão de Homicídios.

Vídeo mostra PMs atirando em 2 homens caídos no chão

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos