Em 2º dia de ataques, Fortaleza contabiliza 21 ônibus incendiados

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, Em Maceió

Fortaleza vive mais um dia de ataques criminosos nesta quinta-feira (20) com cinco ônibus queimados por criminosos. Agora, sobe para 21 o número de ônibus incendiados na capital cearense e cidades da região metropolitana, que vêm registrando ataques desde a tarde de ontem. Seis pessoas foram presas suspeitas de participação dos ataques, segundo a polícia.

As ações coordenadas podem ser uma retaliação pela transferência de detentos de presídios. A SSPSD (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social) informou que a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas investiga se os ataques foram ordenados por presos.

O presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, se reuniu com o governo do Estado na tarde desta quinta-feira para cobrar ações ostensivas de combate aos ataques a ônibus para que os veículos continuarem a rodar hoje. Até às 16h a reunião ainda estava acontecendo.

"A situação está tensa. Empresários e trabalhadores estão amedrontados com a violência desses ataques. Já são dois rodoviários vítimas de queimaduras e estamos cobrando uma solução para que não sejamos obrigados a recolher a frota", disse Barreiras em entrevista ao UOL por telefone.

Segundo dados do Sindiônibus, 19 veículos de empresas que atuam no transporte rodoviário em Fortaleza e região metropolitana foram queimados. Ainda não há estimativas do prejuízo causado com as perdas dos veículos. Segundo a Polícia Militar, 21 ônibus – 19 de linhas e dois de fretamento particular -- foram incendiados no Ceará desde que iniciou a série de ataques criminosos.

O último ataque a ônibus foi ocorreu às 14h10 de hoje, no bairro Mondubim. O ônibus fazia a linha Arvoredo/Parangaba quando foi invadido por um grupo de vândalos e pegou fogo.  Foram registrados quatro incêndios criminosos em ônibus que circulavam nos bairros Álvaro Weyne, Castelo Encantado, Jardim Fluminense e Vila Velha, em Fortaleza. 

Ontem, 16 ônibus foram incendiados -12 em Fortaleza e quatro nas cidades de Maracanaú, Horizonte, Eusébio e Pacajus.

Os incêndios na capital foram registrados nos bairros Aerolândia (1), Barra do Ceará (1), Barroso (1), Conjunto Palmeiras (2), Édson Queiroz (3), Jangurussu (2), Parque Dois Irmãos (1) e Siqueira (1).

O sistema de ônibus voltou a operar normalmente desde a noite de quarta, segundo o Sindiônibus (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará).

Segundo a polícia, em todos os ataques a ônibus criminosos invadiram os veículos e ordenaram que passageiros e funcionários descessem. Em seguida, jogaram combustível e atearam fogo nos ônibus.

O Sindiônibus (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará) informou que um motorista de ônibus da empresa Viação Fortaleza se feriu ao ser atingido pelo fogo. O motorista teria ficado preso ao cinto de segurança no momento em que o ônibus começou a pegar fogo.

Ele teve um braço, parte das costas e do couro cabeludo atingidos pelas chamas e está com 18% do corpo queimado. O motorista está internado no Centro de Referência de Queimados do Instituto Doutor José Frota e não corre risco de morte.

Nesta quinta-feira, um cobrador que é deficiente físico não conseguiu sair do ônibus que fazia a linha Arvoredo/Parangaba, no bairro Mondubim, e teve o corpo queimado.

As duas vítimas estão internadas no Centro de Referência de Queimados do Instituto Doutor José Frota e não correm risco de morte.

Durante a madrugada desta quinta-feira, criminosos atacaram três delegacias e duas agências bancárias em Fortaleza e Maracanau (região metropolitana). Ninguém se feriu neste ataque.

Homens armados atiraram contra os prédios do 29º Distrito Policial, em Maracanaú, e do 33º Distrito Policial, no Bairro Goiabeiras, em Fortaleza. Um carro da polícia que estava em frente ao 29º foi alvejado por tiros.

O terceiro ataque ocorreu no 8º Distrito Policial, no conjunto Prefeito José Walter, em Fortaleza, onde três veículos da polícia foram incendiados.

A agência da Caixa Econômica Federal de Maracanaú e a agência do Bradesco localizada na avenida Mozart Pinheiro de Lucena, no bairro Vila Velha, em Fortaleza, foram invadidas por homens encapuzados. Os criminosos atearam fogo nos caixas eletrônicos e dispararam tiros de arma de fogo contra as vidraças.

Na tarde de ontem, homens armados atacaram dois carros da Cagece (Companhia de Água e Esgoto do Ceará), no bairro Vila União e no conjunto Palmeiras, e dois carros da Enel (empresa de distribuição de energia), no bairro Jardim das Oliveiras. Nenhum dos funcionários das empresas se feriu nos ataques.

Ameaças

A Polícia Militar recolheu uma carta supostamente deixada por criminosos próximo ao ônibus incendiado no bairro Barra do Ceará. A carta é assinada por uma facção criminosa identificada pelo nome de "Guardiões do Estado".

Na carta apreendida, criminosos ameaçam atear fogo nos prédios públicos do Estado, como o da Assembleia Legislativa e o da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, caso o governo do Estado mantenha a transferência de presos no sistema prisional do Ceará.

"Aviso para o governo corrupto: se mexer com as unidades prisionais igual estão fazendo, iremos para o Estado do Ceará explodir a Secretaria de Segurança e aquele aviso na Assembleia Legislativa do carro bomba vamos fazer valer desta vez. Os governos corruptos parem agora ou o Ceará irá viver um mês de terror. Atentados em prédios públicos. Todos inocentes mortos", disse o texto.

A falta de segurança levou as empresas de ônibus recolherem a frota no fim da tarde de quarta-feira (19). Sem transporte, na noite de ontem, usuários de ônibus tiveram dificuldade em voltar para casa do trabalho.

"Os trabalhadores do transporte e empresários do setor estão aterrorizados diante de tanta violência e da real e verdadeira ameaça à integridade física e à própria vida dos trabalhadores e dos usuários do transporte coletivo", disse o sindicato.

Atualmente, segundo dados da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza, o sistema de transporte rodoviário da capital cearense possui 1.930 ônibus, que atuam em 270 linhas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos