Morador de rua agredido por guarda civil vai responder por 4 acusações

Demétrio Vecchioli

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook/marcos.hermanson

Agredido por GCMs (Guardas Civis Metropolitanos) da cidade de São Paulo na última quarta-feira, o morador de Samir Ali Ahmed Sati, de 40 anos, vai ter que se defender de quatro acusações contra ele: receptação (porque não tinha a nota fiscal do carrinho de supermercado onde guardava seus pertences), desobediência, resistência e desacato. Já os GCMs vão responder por abuso de autoridade e lesão corporal. Um deles já foi afastado da corporação.

O caso foi registrado no 35º Distrito Policial, no Jabaquara, pelo delegado Jesus Roberto de Carvalho Junior, depois da ação que ocorreu na avenida Engenheiro Armando de Arruda, também na Zona Sul de São Paulo, próximo à estação Conceição do Metrô. Após instaurado o inquérito, o delegado deverá decidir se apresenta denúncia contra Samir.

De acordo com o boletim de ocorrência, a agressão aconteceu durante a operação Reorganização do Espaço Público, feita pela Prefeiutra de São Paulo. Os guardas civis alegaram que tentaram apreender um carrinho de supermercado "aparentemente abandonado". Samir havia saído para comprar água e, quando retornou, se apresentou como dono do carrinho e resistiu à apreensão. Por isso, pelo que consta no B.O., os três guardas "precisaram usar a força para contê-lo".

Um vídeo mostra que, ao usar a força, os guardas agrediram Samir, que foi empurrado no chão ao tentar impedir que seus pertences foram levados. Depois, ele ainda foi pressionado contra a parede e ainda levou mais uma rasteira. Ele precisou ser encaminhado ao Hospital Saboya com fortes dores no braço. Os exames indicaram fratura no punho, que terá de ficar imobilizado por 120 dias.

A GCM anunciou o afastamento para "atividades operacionais" de José Rivanilson de Jesus, 39 anos, o guarda que cometeu as agressões. Os outros dois envolvidos no caso foram ouvidos, mas permanecem em atividades nas ruas, de acordo com o secretário da pasta, coronel José Roberto Rodrigues.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos