Cadela da à luz a 11 filhotes dentro de túmulo em cemitério de Brasília

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL

Uma cadela deu à luz a onze filhotes - oito fêmeas e três machos - dentro de um túmulo no Cemitério de Taguatinga, região administrativa que fica a 19,7 km do centro de Brasília. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível perceber que a super mãe protege os bichinhos o tempo todo. Todos eles passam bem.

A estudante de medicina veterinária Amália Cavedal, de 32 anos, foi quem resgatou toda a família na última terça-feira (23). Ela acredita que os filhotes tenham em média 40 dias de vida. Os bebês já receberam banhos no petshop, vermifugação e tratamentos contra fungos. O gasto já ultrapassou R$ 500. O próximo passo é doá-los e conseguir uma castração para a mãe.

"Fiquei sabendo que os bebês estavam lá através de um compartilhamento do vídeo. Fui ver os comentários e constatei que ninguém havia resgatado ainda. Eu não sei porque decidi resgatá-los. Eu faço isso com frequencia. Não consigo ver animais sofrendo e ficar sem fazer nada. Pra mim é como um tipo de obrigação, sabe?", conta ela.

Amália não sabe quem fez as imagens e diz que não consegue entender quem filmou e deixou os animais no local. "Se eu não resgatar, não consigo dormir em paz com a minha consciência. Já vi muita coisa triste e coisa ruim relacionada a bichos na vida. Essas coisas acabaram por me tornar uma protetora de animais."

Segundo a Associação Protetora dos Animais do DF (Proanima) estima-se que existam 30 mil animais, entre cães e gatos, nas ruas do Distrito Federal. Dois, dos onze filhotes, resgatados por Amália já foram adotados. A estudante de jornalismo Carolina Rabêlo, 23, foi umas das que já garantiu um novo lar aos bichinhos. Ela conta que foi fazer uma visita e se apaixonou por um deles.

"Não fui na intenção de adotar. Mas quando cheguei e vi os filhotinhos, eu não resisti. Eles são lindos demais e bem carinhosos. Porém, como já tenho um em casa e meu pai não quer mais, tive que insistir muito para ele deixar eu ficar com um! Ele ainda não sabe, mas hoje chegará um novo membro na família", explica emocionada.

Porém, para adotar um animal de estimação, é necessário cautela. Amália pede que que a pessoa tenha consciência de que está levando para casa um ser vivo que vai precisar de cuidados. ''Eles vão precisar de vacinação na data correta, abrigo, carinho, segurança e cuidados medicos durante a vida."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos