Topo

Operação da PM no Complexo da Maré deixa mais de 11 mil alunos sem aula no Rio

PMs realiza operação por ruas, becos e vielas das favelas Nova Holanda e Parque União - Divulgação/PMERJ
PMs realiza operação por ruas, becos e vielas das favelas Nova Holanda e Parque União Imagem: Divulgação/PMERJ

Do UOL, no Rio

29/05/2017 11h52

A Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro informou que 11.640 estudantes estão sem aula, nesta segunda-feira (29), por conta de operações da Polícia Militar na região do Complexo da Maré, conjunto de favelas da zona norte carioca.

Policiais do Batalhão de Choque e do COE (Comando de Operações Especiais) fazem incursões pelas comunidades Nova Holanda e Parque União, segundo informações divulgadas nas redes sociais da corporação.

De acordo com a prefeitura, na Maré, foram afetadas 17 escolas, quatro creches e dez EDIs (Espaços de Desenvolvimento Infantil).

Material apreendido pela PM na Maré - Divulgação/PMERJ
Material apreendido pela PM na Maré
Imagem: Divulgação/PMERJ
Houve registro de tiroteio entre PMs e traficantes de drogas. O confronto teria ocorrido no começo da manhã, logo no início da ação.

Até o momento, cinco suspeitos foram presos. Os policiais também apreenderam duas pistolas e quantidade ainda não divulgada de drogas.

Operações na Vila Kennedy e no Cajueiro

A manhã desta segunda também tem ações policiais nas regiões de Vila Kennedy, na zona oeste, e do Cajueiro, em Madureira, na zona norte.

Na Vila Kennedy, informou a Secretaria Municipal de Educação, as atividades foram canceladas em duas escolas e duas creches. São 1.358 alunos sem aula.

No Cajueiro, por sua vez, apenas um Espaço de Desenvolvimento Infantil foi afetado. Em razão disso, 162 crianças tiveram que ficar em casa.

Cotidiano