Onça que matou 41 galinhas no interior de São Paulo volta para a natureza

Wagner Carvalho

Colaboração para o UOL, em Bauru

A onça parda capturada na zona rural de Duartina, 338km de São Paulo, no início deste mês após cair em um galinheiro e comer as 41 aves que estavam no local foi solta novamente na natureza.

A fêmea de 22 quilos, que havia sido diagnosticada anêmica e desidratada, recebeu os cuidados veterinários no zoológico de Bauru até ter plenas condições de retornar ao seu habitat.

Na tarde desta segunda-feira (19), ambientalistas acompanhados de veterinários e policiais ambientais realizaram a soltura do animal em uma área de proteção ambiental e que foi indicado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Polícia Ambiental/Divulgação
Onça é levada de volta para a natureza

De acordo com os veterinários que executaram os cuidados necessários ao animal, trata-se de uma fêmea bastante jovem, que ainda está aprendendo a caçar. Acreditam que talvez por isso ela tenha caído enquanto caminhava sob a cobertura do galinheiro, onde caiu e comeu as galinhas.

O dono da propriedade rural onde o animal foi encontrado narrou que naquele dia pela manhã, ao levantar-se para alimentar as galinhas que criava em sua chácara, encontrou todas as aves mortas e deparou-se com uma onça parda presa no galinheiro.

Ainda de acordo com os veterinários que cuidaram do animal, a readaptação do felino com a natureza será rápida, e provavelmente em pouco tempo ela terá sua capacidade de caçar mais desenvolvida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos