Polícia investiga morte de bebê em parto, após pai ver corte na criança

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Google Maps

A morte de um bebê na cidade de Campo Mourão, noroeste do Paraná, virou alvo de investigação, depois de o pai da criança, Marcos Ronei Gomes, suspeitar de erro médico durante o parto.

Angela Maria Gomes, cuja gravidez era considerada de risco, passou por uma cesariana no último domingo na Santa Casa de Campo Mourão, mas o bebê, segundo os médicos informaram a Marcos teria morrido de de causas naturais.

O corpo da criança, então, foi encaminhado a Goioerê (também no noroeste do Paraná, a cerca de 80 km de Campo Mourão), para ser velado na cidade natal dos pais. Durante a cerimônia, porém, Marcos diz ter recebido uma denúncia de que houve erro médico no parto da esposa.

O pai pediu para imediatamente verificar o corpo do filho e disse que encontrou um corte profundo, costurado por pontos cirúrgicos, da região do abdômen até o meio das costas.

O fato aumentou a suspeita de Marcos, que registrou um boletim de ocorrência na noite de segunda-feira na Delegacia de Goioerê.

Ao UOL, Thiago Soares, delegado da cidade, afirmou que o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão para passar por exames que identificarão o motivo que causou a morte do bebê. O laudo deve sair nos próximos dias.

A Polícia Civil de Campo Mourão dará sequência às investigações. O UOL entrou em contato com a Santa Casa de Campo Mourão, que disse ainda não ter tomado conhecimento sobre a denúncia e, por isso, não se pronunciou sobre o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos