Homem é ofendido por gerentes em banco; caso é registrado como injúria racial

Renan Prates

Colaboração para o UOL

Um homem foi ofendido na manhã da última terça-feira (4) em uma agência do Banco do Brasil situada em Cuiabá, capital do Mato Grosso. O caso foi parar em uma delegacia da cidade e é investigado como injúria racial e ameaça.

Segundo o Boletim de Ocorrência que o UOL teve acesso, Joilson da Silva Santana relata que tentava entrar na agência do Banco do Brasil. Ao passar pela porta giratória, não conseguiu acesso.

O segurança da agência pediu a Santana que retirasse os objetos de metal que estavam no seu bolso e tentasse passar. Mesmo seguindo as ordens do segurança, ele foi impedido de entrar no banco porque a porta continuava travada.

Ainda segundo o BO, Joilson telefonou para a sua enteada Patrícia. Após 30min, ela chegou ao local. Josualdo Santino de Oliveira, que já estava dentro da agência, alegou em seu relato que ouviu o gerente Ueliton Souza Bravo dizer as seguintes palavras: "avisa a este mulato que ele só conseguirá entrar quando retirar todos os metais do bolso".

Oliveira foi tirar satisfação com o gerente e alegou no boletim ter sido coagido. Segundo ele, o outro gerente, Fernando Santana Elesbao, ameaçou retirar a conta da sua agência porque não tinha interesse em manter um cliente como ele.

Patrícia registrou a confusão no seu celular. O gerente Ueliton Bravo não gostou da atitude da mulher e tomou o aparelho dela. Inicialmente, ele recusou devolver o celular, mudando de ideia após muita insistência dos envolvidos no episódio.

O BO ainda informou que, como as partes não chegaram a um acordo, todos foram encaminhados pelos policiais militares que foram ao local para a central de flagrantes para registro do boletim.

Segundo o gerente Fernando Elesbão, as imagens de monitoramento do Banco do Brasil serão utilizadas para elucidação do caso.

Em nota, o Banco do Brasil se pronunciou sobre o caso:

O Banco do Brasil informa que iniciou processo administrativo para apurar a denúncia e irá colaborar, no que for necessário, com a investigação policial.

O BB repudia qualquer forma de preconceito e desenvolve ações específicas para valorizar a diversidade em sua força de trabalho e entre clientes.

O Banco do Brasil é caracterizado pela diversidade, pela brasilidade e pela capilaridade no país e contribui para que a inclusão seja vista como um direito social plenamente vivenciado por clientes e funcionários.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos