Homem mata garota de 16 anos na frente de ex-sogra e filhas em São Paulo

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Facebook

    A adolescente Fernanda da Silva foi morta em Bertioga, na frente da mãe e das filhas

    A adolescente Fernanda da Silva foi morta em Bertioga, na frente da mãe e das filhas

Uma adolescente de 16 anos foi assassinada pelo ex-namorado na noite do último domingo (9) na área rural de Bertioga, no litoral norte de São Paulo. Mãe e filhas da menor assistiram ao crime, realizado com arma de fogo.

De acordo com informações colhidas pela Polícia Civil de Bertioga e apuradas pelo UOL, Fernanda Marília da Silva morava com Wellington dos Santos Ferreira, de 21 anos, mas havia saído de casa por causa das brigas. A menor estava hospedada na casa da mãe, na rua Sebastião Barbosa, no bairro do Indaiá.

Na noite do crime, Ferreira foi à casa da ex-sogra sob o pretexto de ver as duas filhas do casal. O homem pegou a mais velha no colo, de pouco mais de um ano, e deu uma volta fora da casa. Quando voltou, ficou um pouco com a mais nova, com três meses de vida.

Com as mãos livres, logo depois, ele sacou uma arma de fogo - um revólver sem calibre confirmado - e deu entre dois e três tiros em Fernanda. A adolescente estava sentada no sofá da sala e, mesmo ferida, conseguiu correr e deixar o cômodo após levar os disparos. A mãe a levou ao pronto socorro de Bertioga. A vítima, no entanto, não resistiu e morreu no local.

Até o fechamento da matéria, a polícia ainda não havia localizado o suspeito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos